A volta do que não foi

Mozart Jr. Depois de um período sabático na verdade ainda sigo nele, porém muita gente questionando meu sumiço, por isso esse “texticulo" para mostrar que sigo vivo, ainda que isso não seja motivo de comemoração pra muita gente não. Antes de qualquer coisa, saudações Rubro Negras a todos que perdem o seu tempo lendo essas linhas. Vamos lá, os tempos são quentes, os bastidores da política local fervilham, muita gente se acreditando eleito por aí, a falsa modéstia de alguns some nas conversas privadas e o ego acaba entregando os “falsos cordeiros".... em tempos de WhatsApp deveriam se conter mais...

Tem muito hipócrita falando em hipocrisia, muito bandido falando em lei, muito mala falando em honestidade, tudo por um possível futuro voto. As querências vem fantasiadas de apelo contra a política atual, em um discurso que só convence os incautos, essas pessoas gritam em público e sussurram de portas fechadas pedindo uma vantagenzinha... Já dizia Caetano: Eu vi muitos homens brigando, ouvi seus gritos, estive no fundo de cada verdade encoberta e a coisa mais certa de todas as coisas não vale um caminho sob o sol... Deixando a viagem de lado, a sucessão do prefeito Paulo Piau será decidida daqui a menos de um ano e qual é o quadro?

Se fala em muitos candidatos, mas até o momento não há uma definição do grupo que detém o poder, só que há uma grande diferença aí em relação à oposição, no caso do grupo, as opções estão digladiando entre si pra ver quem vai, a oposição por sua vez, mais uma vez, parece estar tão ensimesmada em suas próprias guerras particulares que se esqueceu que o jogo é em “equipa" pra lembrar o Jorge Jesus...

Não há até o momento um movimento que se vislumbre como concatenado para caminhar o ano que vem. A percepção que passa, é que o fenômeno das redes sociais da última eleição criou um novo conceito, ou melhor, crença, de que quando faltar seis meses, vão bastar umas lives inflamadas e um pouco de “sangue nos olhos" para vencer a eleição. Vale lembrar que, não é todo dia que aparece um Adélio e uma faca pra revolucionar a ordem natural das coisas...

E mais que isso, a julgar pelas “verdades encobertas" as vezes escancaradas nos PVs do WhatsApp, o personagem a ser invocado ano que vem estaria mais para Marcus Brutus...

Publicidade

Anuncie