Uberaba é representada em simpósio de Direito e Tecnologia na Califórnia

O secretário adjunto de Administração de Uberaba, Carlos Eduardo Nascimento, será um dos cinco brasileiros entre os avaliadores do II International Law Symposium Compliance and Technology Law, que acontece de 21 a 23 de outubro na Califórnia. Ele é doutor em Direito Político e Econômico pela Mackenzie e pós-doutorando pela Universidade Columbia (NY), além de coordenador do curso de Direito da Cesube. O evento está em sua segunda edição e desta vez é sediado na Berkeley Law School, uma das mais bem avaliadas universidades dos Estados Unidos na área do Direito, ressaltando que o primeiro, no ano passado, foi em Harvard. A realização do simpósio visa a promoção do intercâmbio entre instituições de ensino reconhecidas em todo o mundo, estimulando novas pesquisas e a produção de conhecimento.

O secretário adjunto, que recebeu o convite da Mackenzie para ser avaliador devido ao seu amplo currículo, pareceres na área e conhecimento aprofundado das temáticas analisadas, explica que o evento reunirá os maiores especialistas em Direito e Tecnologia do mundo. As despesas são custeadas pela universidade. "São cinco avaliadores brasileiros e cinco norte-americanos. “E após os três dias de evento vamos fazer uma visita com poucos selecionados ao Vale do Silício, onde estão as maiores empresas de tecnologia do mundo. Sem dúvida esse é o evento mais importante, o maior e melhor que participarei na minha história acadêmica.” Será uma das maiores experiências de Direito da atualidade, em âmbito mundial, pois vão ser discutidos os novos direitos que estão surgindo e o direito da internet e tecnologia, por exemplo, que é uma área em constante atualização. Serão palestrantes de alto nível vindo dos Estados Unidos, França, Itália, Alemanha, dentre outras nacionalidades".

O Prof. Dr. Carlos Eduardo do Nascimento revelou ainda, em exclusividade, que foi aceita a sugestão de publicar um livro resultado desde evento. "Minha proposta é que o lançamento desse livro poderá ser aqui em Uberaba. Será um material com tudo que foi resultado de pesquisa apresentado, discutido e solucionado nesse grande evento. Um dos grandes problemas que se enfrenta hoje no Direito são as novas tecnologias. São novos serviços online, novos produtos, novas startups com inovações. O economista Joseph Schumpeter, referência na minha tese de doutorado, chama isto de Teoria da Inovação Destruidora, ou teoria disruptiva. Deve ser entendida por tecnologia disruptiva ou inovação disruptiva o termo que descreve a inovação tecnológica, produto, ou serviço, com características "disruptivas", que provocam uma ruptura com os padrões, modelos ou tecnologias já estabelecidos no mercado. Isso é uma realidade, e não existe caminho de volta, portanto justifica-se a importância dos novos estudos e soluções na área do Direito e Tecnologia", pondera o secretário adjunto de Administração do município.

Publicidade

Anuncie