SMS aguarda liberação do fumacê pelo Estado

Diretor da Vigilância em Saúde ressalta importância em eliminar ovos e larvas 

 

Durante reunião da Secretaria Municipal de Saúde, realizada na Prefeitura de Uberaba nesta quinta-feira (23), foram apresentados os números das ações realizadas em 2019 no combate ao mosquito Aedes aegypti. Em face do risco de epidemia apresentado pelo resultado do Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) deste mês o Município já solicitou ao Estado a liberação e a aplicação do inseticida a Ultra Baixo Volume (fumacê), mas a solicitação ainda não foi aceita.

O diretor de Vigilância em Saúde, Robert Boaventura, destaca que o fumacê atua apenas contra mosquitos adultos. “A grande preocupação que temos agora, que o LIRAa mostrou, são os focos dos ovos e larvas dentro das casas. São trabalhos conjuntos, que se complementam para vencer essa guerra, mas precisamos atuar antes. Não podemos esperar as notificações subirem para começar a fazer o combate com o fumacê. Se não tiver as outras ações, não adianta”, enfatiza.

Ele explica ainda que o fumacê é fornecido pelo Estado conforme nota técnica, para municípios com alta infestação de mosquito na proporção de 300 notificações por 100 mil habitantes nas últimas quatro semanas. “No caso de Uberaba, tivemos 107 casos notificados em janeiro. Para garantir o fumacê teríamos que ter entre 960 a 1.000 notificações. Por isso, caso a população tenha sintoma da dengue deve ir à uma unidade de saúde ou hospital, onde será notificado, pois precisamos desse quantitativo para ter essas ações”, esclarece Boaventura.

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Uberaba, em 2019, o fumacê percorreu 106 bairros, atingindo cerca de 135 mil pessoas, enquanto os motofogs percorreram 99 bairros, atendendo mais de 115 mil pessoas. O Município, se adiantando para evitar desabastecimento de veneno em 2020, está comprando inseticidas, além de preparar os motofogs, caso haja necessidade de apoio dos mesmos. Os critérios para circulação dos motofogs são os mesmos do fumacê. 

Publicidade

Anuncie