Skala doa totens de álcool gel à Prefeitura

Equipamentos foram direcionados à higienização de mãos por passageiros do transporte público

O prefeito de Paulo Piau recebeu nesta sexta-feira (23) 15 totens de dispensação de álcool gel e 1.200 litros do produto que serão, imediatamente, instalados nos terminais de transporte coletivo de Uberaba. Conforme repassado à Folha Uberaba, a Skala Cosméticos, responsável pela doação, se comprometeu ainda a disponibilizar o abastecimento dos totens durante a pandemia do coronavírus para que os passageiros do transporte público possam higienizar as mãos.

Cada totem conta com um dispenser com dois litros de capacidade, que rende até duas mil aplicações, segundo Antônio Carlos de Souza, CEO da Skala. A tecnologia utilizada é a mesma empregada nos terminais de São Paulo, de acordo com o executivo. “Temos um grande contingente de funcionários em Uberaba que utilizam o transporte público; então resolvemos fazer essa doação para todos os usuários dos terminais de ônibus de Uberaba, retribuindo a cidade como um todo, em nome da direção da empresa e de seus colaboradores”, destacou Antônio Carlos durante a entrega dos totens.

O prefeito Paulo Piau ressaltou o orgulho pela ação social da empresa, tradicional na Cidade e genuinamente uberabense. “Só temos que agradecer e sentir cada vez mais orgulho da nossa empresa Skala, presente no País inteiro e em várias partes do mundo com seus produtos, então esse momento [da doação] é um coroamento da responsabilidade social de uma empresa uberabense”, enfatizou o prefeito.

O secretário de Defesa Social, jornalista Wellington Cardoso Ramos, destacou que a ação comunitária da Skala visa ao atendimento das pessoas que passam pelos quatro terminais de Uberaba: Univerde, Manoel Mendes, Gameleiras e Beija-Flor. “Antes da pandemia, passavam cerca de 70 mil pessoas pelos nossos terminais. Claro que nesse momento de pandemia, a movimentação diminuiu, houve queda do número de passageiros. É uma ação visando à higienização e, sobretudo, a prevenção a covid-19 e só temos a agradecer, pois este é um momento de nos juntarmos e solidarizar para atender o maior número de possíveis de pessoas”, ressaltou Cardoso.

Publicidade