Serviço Intermediário de Saúde Mental já atendeu mais de mil pessoas em três meses

Quase a metade da procura foi de demanda espontânea

Inaugurada em maio, o Serviço Intermediário de Atenção Psicossocial (SIAP) “Dr. Francisco Mauro Guerra Terra” já atendeu 1.115 pessoas que buscaram atendimento na unidade até esta terça-feira (27). Os números são da Diretoria de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde de Uberaba.

A unidade, localizada na Rua Vigário Silva, 412, no Centro, conta com grupos de psicoterapia, serviço social, terapia ocupacional e conta com médica psiquiatra em atendimento. Das 1.115 pessoas que passaram pelo SIAP, 542 são relativas à demanda espontânea, quando a pessoa procura o serviço diretamente, o que representa 48,6% da procura. Segundo os dados da SMS, atualmente, o Serviço Intermediário de Atenção Psicossocial conta com 384 usuários ativos, ou seja, que fazem acompanhamento frequente na unidade, seja com psicoterapia ou médico psiquiatra e equipe. Mais de 140 pacientes foram encaminhados para acompanhamento em outras unidades, conforme a necessidade de cada.

O diretor de Atenção Psicossocial da Secretaria de Saúde, Sérgio Marçal, conta que o SIAP não tem fila de espera, buscando atender tanto casos encaminhados por outras unidades quanto demanda espontânea. “Nos momentos de pico de demanda ou quando há aumento da demanda, a triagem é feita em grupo, como forma de evitar lista de espera, assim o paciente ou é admitido ou é encaminhado. Nunca espera mais de uma semana para ser atendido”, relata o diretor de Atenção Psicossocial. Segundo Marçal, a agilidade no atendimento é importante para evitar agravos e destaca a importância de cuidar do sofrimento mental para evitar deterioração da condição da pessoa.

O SIAP - o Serviço Intermediário de Atenção Psicossocial (SIAP) “Dr. Francisco Mauro Guerra Terra” tem como proposta atender casos de média complexidade, quando os casos não se enquadram para atendimento na Atenção Básica, mas que também não são graves, enquadrando no atendimento dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps). Quando o paciente procura o SIAP, ele é acolhido, ouvido, orientado e a triagem para avaliação é marcada, de modo que o atendimento não demore. A triagem é feita todos os dias na unidade. A população pode procurar a unidade diretamente, ou entrar em contato pelo telefone 3312-7253 para mais informações.

Publicidade

Anuncie