Sebrae Minas apresenta Plano de Ação para a Agência Regional de Desenvolvimento

 

Agência é vinculada  ao G-70, grupo que agrega os 70 municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba

 

Encontro realizado na manhã desta sexta-feira, (1º), na sede da Amvale (Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande), em Uberaba, reuniu prefeitos e gestores municipais das áreas de Planejamento e/ou Desenvolvimento de municípios associados à Amvale e à Amvarig (Associação dos Municípios da Microrregião do Baixo Rio Grande), sediada em Frutal, e que contou com a presença da consultora do Sebrae Minas, Patrícia Schneider, dentro do processo de implementação da Agência Regional de Desenvolvimento Econômico que faz parte do G70 (Grupo dos 70 municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. .

Para o presidente da Amvale e prefeito de Uberaba, Paulo Piau, o evento é uma forma de prosseguir no trabalho que tem como intuito “colocar o Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba no mapa do mundo”. Observou que não se trata de movimento separatista da região.  “Temos que organizar nossa região. Planejar, estudar, fazer bons projetos sobretudo na área de infraestrutura e de atração de investimentos, para gerar movimentação econômica e empregos. Esse é o caminho. A Agencia é um instrumento, não para operar nada, mas para planejar, estudar e fazer bons projetos para a nossa região”, acentuou.

A consultora Patrícia Schneider explicou que o objetivo desse trabalho por ela apresentado foca na criação de um Plano de Ação Regional, agrupando os 72 municípios que compõem às cinco associações microrregionais do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.  “Fazer a integração das ações, das ideias e dos projetos para que, com sinergia, se consiga mais força na execução do plano”, diz ela. O Sebrae Minas fez um estudo em cada um dos municípios das entidades, em que são identificados os pontos de economia, educação, bem como de exportação e importação etc...

 Schneider qualificou como “impressionante” a ideia do prefeito Paulo Piau em criar a Agência de Desenvolvimento Regional. E acrescentou: “A Agência alia não só a iniciativa privada mas, também, os prefeitos que têm participado das reuniões e apresentado suas demandas e contribuições. Após a apresentação nas associações, explicou a consultora, o Sebrae vai elaborar um Plano de Ação Coletivo, seguido de apresentação dos resultados. O órgão, a propósito, poderá apoiar na execução dos projetos que forem aparecendo”.

O diretor Executivo da Agência, Glauber Faquineli, por sua vez, informou que no dia 29 de novembro, em Uberaba, será realizada uma Assembleia Geral Extraordinária da Agência, para que sejam validados os estudos realizados pelo Sebrae. Na oportunidade, será formalizada a assinatura da cooperação técnica do Ministério do Desenvolvimento Regional com a Agência. “Nós estamos trazendo o Governo Federal para dentro do trabalho regional nosso. O que dá um peso muito grande para a região como um todo”, concluiu.

Publicidade

Anuncie