Sagri intensifica preparo de solo para micros e pequenos produtores

A Secretaria Municipal do Agronegócio – Sagri, por meio da sua Patrulha Rural, vem intensificando desde setembro o preparo de solo para micro e pequenos produtores do município, sobretudo, os integrantes da Agricultura Familiar.

Como ressalta Carlos Dalberto de Oliveira Júnior – Belzinho, secretário adjunto do Agronegócio, o benefício se dá através do Fundomaq – Fundo Municipal de Manutenção de Máquinas. “O produtor faz o cadastro junto a Sagri e o serviço segue a ordem de inscrição. Apesar disto, para facilitar a logística, procuramos atender grupos por região, evitando constantes deslocamentos dos maquinários para um mesmo local,” explica ele.

No momento, salienta Belzinho, a Sagri conta com equipes da Patrulha Rural nas regiões das comunidades de Santa Rosa, Serrinha, Ponte Alta, São Basílio, Capelinha do Barreiro e Vale do Sol. Os serviços incluem desde a limpeza da área, gradeamento, encanteiramento e também, distribuição de calcário. Ele salienta que os beneficiados são micros e pequenos produtores, muitos integrantes da Agricultura Familiar. “Aliás, atender a Agricultura Familiar é determinação número um do prefeito Paulo Piau,” ressalta.

Carlos Dalberto relata que os tamanhos das áreas variam bastante, oscilando ente um hectare a 50 hectares. “Com isto, o tempo de trabalho do tratorista também é bem diverso. Às vezes, apenas três horas ou dependendo do tamanho, até 40 horas”. Segundo ele a maioria pede o preparo de solo para atividades de horticultura, mas também tem aqueles que pretendem ocupar as áreas com pastagem e até pequenas lavouras.

As contribuições com o fundo variam de acordo com o tamanho do trator. A hora trabalhada, através do trator pequeno, custa atualmente ao produtor R$50,00. Já o trator de esteira, a hora de trabalho está estabelecida em R$75,00.

Além do serviço de trator, conta Belzinho, a Sagri oferece ainda assistência técnica com agrônomos e zootecnistas. “Eles realizam análises de solo, recomendações quanto a calagem e adubação, assim como plantio e manejo adequados,” frisa o dirigente.

De acordo com dados da Sagri, mais de 580 produtores rurais são atendidos, anualmente, com este programa. Os recursos levantados com as horas trabalhadas são depositados diretamente pelos produtores no fundo e, como o próprio nome indica, usados na manutenção dos tratores e maquinários.

Publicidade