Ripposati busca parcerias para projeto de compostagem

Dando sequência às discussões em torno do projeto de compostagem/adubo orgânico para sustentação dos programas Plantando e Colhendo Saúde e Farmácia Viva (hortas e plantas medicinais) o vice-prefeito João Gilberto Ripposati reuniu-se na terça-feira (3) com o diretor executivo do frigorífico Boi Bravo, Romeu Costa Telles.

O frigorífico se dispôs a fornecer parte da matéria-prima/esterco para produção da compostagem/adubo orgânico. O material será fornecido gratuitamente para a Prefeitura implantar os dois programas. O Município já reservou uma área no Horto Municipal para trabalhar o composto.

Além do apoio técnico da Prefeitura através das Secretarias de Agronegócio, Serviços Urbanos e Obras e Meio Ambiente, outros parceiros como Fazu, Epamig, Emater e ABCZ, devem somar-se ao projeto, informa Ripposati.

O programa Plantando e Colhendo Saúde visa ao melhor aproveitamento de áreas particulares e públicas ociosas, bem como fomentar a geração de emprego e renda e a oferta de alimentos saudáveis. Já a Farmácia Viva trata da produção de medicamentos naturais comprovadamente eficazes e de custo mais baixo, representando benefícios econômicos e sociais.

Publicidade