Professor de violão é acusado de assédio sexual

Uma mulher de 21 anos procurou a polícia na noite desta terça-feira, 3, para denunciar um professor de violão de 55 anos pelo crime de assédio sexual.

Segundo a vítima, após terminar a aula, ela pegou carona com o autor, porém percebeu que ele tomou um caminho diferente do que leva a sua residência e o questionou, ele então disse que ela iria conhecer um homem de verdade, uma vez que ela só havia se relacionado com mulheres e tinha terminado um relacionamento há pouco tempo.

Conforme repassado à Folha Uberaba, a denunciante contou que o autor trancou a porta do carro quando se aproximavam de um motel na avenida Marcus Cherem a impedindo de sair e demonstrava que queria manter relações sexuais com ela.

Ainda segundo a denunciante, o autor não usou de força física ou ameaça e desistiu quando ela se negou e a levou para casa.

A polícia foi até a residência do denunciado e ele disse que sua aluna está com dificuldades nas aulas e que ela quem o procurou para desabafar sobre o fim do relacionamento dela com outra mulher e ele disse que não poderia conversar na rua e por isso foram para um lugar mais reservado e que no motel, só conversariam. Ele negou que tivesse tentado manter relações sexuais com a denunciante.

A denunciante decidiu representar contra o autor que recebeu voz de prisão.

A prisão não foi imposta pelo fato de o autor se comprometer em comparecer ao juizado especial criminal quando intimado.

Publicidade

Anuncie