Prefeitura de Uberaba busca novas tecnologias na luta contra a dengue

Procurando maneiras inovadoras de atuar no combate às arboviroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de Uberaba, a pedido do prefeito Paulo Piau, busca parceria junto à empresa chinesa Shennong Drones. A ideia é utilizar os equipamentos na pulverização de larvicidas, principalmente em áreas fechadas e de difícil acesso do município.

Nesta quarta-feira (12), o secretário adjunto de Saúde, Luciano Correa de Paiva, e equipe, acompanhados da gestora do Parque Tecnológico de Uberaba, Raquel Resende, estiveram no escritório da Shennong, localizado no hub de inovação Celeiro, na FAZU, instituição de ensino presente no Parque Tecnológico, para conhecer as possibilidades dos equipamentos e realizar um teste de voo no local.

A gestora do Parque Tecnológico mediou esse encontro e enfatizou que esse é o papel do Parque Tecnológico, articular encontros de pesquisadores com empresários e governo, levando inovação para a sociedade como resultado final. “Nesse caso, o que aconteceu foi o seguinte: o poder público tem uma demanda de saúde e uma das tecnologias para resolver esse problema é a pulverização do larvicida com drones, por exemplo, e Uberaba hoje sedia uma empresa chinesa que trabalha com drones de pulverização, inicialmente voltadas ao agronegócio, mas que podem ser adaptados para essas demandas pontuais”, explica.

Durante a visita, o diretor da Shennong, Haitao Cheing, e equipe apresentaram o modelo de drone da empresa, possíveis modificações para atender a Prefeitura e disponibilidade para realizar testes. O diretor disse estar bastante confiante no uso dos drones como tecnologia de inovação no combate às arboviroses. De acordo com o secretário adjunto de Saúde, Luciano Correa de Paiva, expectativa é que a parceria com a Shennong só tem a somar. “A nossa procura é de parceiros que tenham competência e possam nos ajudar nesse momento que pode se tornar crítico. Essa oportunidade com o drone é interessantíssima”, ressalta Luciano. O secretário adjunto destaca que além da preocupação com os locais de difícil acesso, os equipamentos dão uma abrangência muito maior, pois o pode pulverizar dois metros de área por segundo. A Secretaria de Saúde e a Shennong vão agendar um teste em um dos bairros de Uberaba na próxima semana, conforme a previsão do tempo permitir, para observar o aparelho em ação.

Publicidade

Anuncie