Parceria entre Semed e ABCZ usa materiais de construção recicláveis em oficinas

A parceria entre a Secretaria de Educação (Semed) e ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) tem tido resultados positivos na execução de projetos nas escolas da rede municipal. Desde outubro, 37 alunos, entre 10 e 11 anos, do Tempo Integral da Escola Municipal Professor Anísio Teixeira recebem a segunda edição do Projeto RArte – Reciclando com Arte, que consiste em reutilizar materiais de construção reaproveitáveis com o intuito de promover a educação ecologicamente correta e sustentável, além de estimular a criatividade artística e sustentável dos alunos. O projeto é realizado em parceria entre Semed, Soma Ambiental, Ministério Público, e ABCZ.

As oficinas são ministradas toda quinta-feira pela artista plástica Cláudia Alves da Silva, nas aulas de Artes da professora Rosana Mara de Freitas. E, através do projeto, Cláudia reutiliza embalagens de cimento, madeiras, arame, plásticos para ressignificar os materiais, destinar corretamente e valorizar os resíduos. Além disso, propõe o desenvolvimento de técnicas artísticas, resultando em obras de artes e cidadãos engajados na sociedade, visando ao desenvolvimento econômico e social, para garantir o bem-estar das novas gerações.

“Tudo é possibilidade se tiver boa vontade e os meninos começaram a pensar de outra maneira. Com as oficinas, aquilo que não tinha valor passa a ter no campo da arte”, conta Cláudia que faz questão que toda a turma participe das aulas, inclusive um aluno que veio do Haiti. A artista plástica passa a aula para uma tradutora de francês, que é o idioma do jovem, para que ele possa executar as atividades junto com os colegas.

A analista de Gestão Educacional do Departamento de Arte e Cultura da Semed, Elsa Pajaro Dalbelo Tapxure, fala sobre a importância de executar projetos que fomentem o lado empreendedor dos jovens. "Esses projetos são importantes porque proporcionam o desenvolvimento do comportamento empreendedor nos meninos, disseminando cultura artística e hábitos sustentáveis em relação à geração, reciclagem e reaproveitamento de resíduos sólidos", declara Elsa.

Publicidade