Os prós e contras dos nutricosméticos

Os nutricosméticos, também chamados de pílulas da beleza, são suplementos alimentares que possuem a função de nutrir o organismo de dentro para a fora, ajudando a corrigir as imperfeições estéticas. Eles contêm princípios ativos, como vitaminas, minerais, fitoterápicos e aminoácidos, que agem suprindo a necessidade fisiológica e regulando o organismo.

 

O dermatologista Ricardo Limongi Fernandes comenta que os nutricosméticos "contribuem com a melhora estética, como prolongamento do bronzeado, melhora do aspecto da celulite, fortalecimento de unhas, melhora na queda dos cabelos e melhora no aspecto do fotoenvelhecimento, como brilho, textura, manchas e rugas finas."

Mas, como todo produto, os nutricosméticos também possuem os seus contras: " eles transmitem uma falsa sensação de tratamento completo, muitas vezes induzindo o paciente a relaxar com relação a outras medidas mais importantes para a saúde e para o cuidado estético do corpo, como a proteção solar, dieta saudável, prática de atividades físicas, tratamentos cosmiátricos e medicamentosos indicados por médicos. Além disso, não são completamente isentos de efeitos colaterais".

É possível ver os resultados do uso a partir da segunda ou terceira semana de uso contínuo. No entanto, os melhores resultados são percebidos a partir do terceiro mês, por isso é recomendável usar o produto no mínimo três meses.

Essas pílulas são consideradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) como suplementos nutricionais. Com isso, não é necessário possuir uma receita médica na hora de compra. Mas, mesmo assim é recomendado procurar um dermatologista e/ou nutricionista para não fazer o uso da automedicação.

Conheça alguns nutricosméticos existentes no mercado: 

● Time Rescue, Nutricé: Um mix de antioxidantes - como luteína, licopeno e vitamina C - promete brecar os efeitos do tempo, diminuindo rugas e combatendo a degradação do colágeno. Preço: R$ 65 a 99* (30 cápsulas).

● Sensicap, Innéov: É um dos produtos mais vendidos no combate a caspa. Ele reforça a barreira da pele do couro cabeludo e combate o processo inflamatório que causa a dermatite seborreica. Preço: R$ 99 a 120* (30 cápsulas).

● Nutrabeauty, Beauty"In: São quatro tipos de cápsulas: Oxiage, para mulheres acima de 30 anos e que combate a ação dos radicais livres responsáveis pelo envelhecimento da pele; Hair & Nails, com vitaminas e minerais para fortalecer cabelo e unhas; Shapecontrol, que estimula a circulação sanguínea e reduz o processo inflamatório que causa a celulite; e, por fim, Reduction, para acelerar o metabolismo e ajudar a queimar gorduras em excesso. Preço: R$ 99 a 120* cada (60 cápsulas).

● Radiant Complexion, Imedeen: Composto por proteínas e polissacarídeos similares aos encontrados naturalmente na estrutura da pele. Combate a perda de brilho e a desidratação, associados aos primeiros sinais de envelhecimento. Preço: R$100 a 120* (60 cápsulas).

● SenzCell, Inpele. São cápsulas que prometem reduzir a gordura localizada e o aspecto "casca de laranja" típico da celulite. Indicado para mulheres com celulite leve (graus 1 ou 2). Preço: R$ 90 a 100* (60 cápsulas).

● Termolen, Equaliv: Para combater a celulite, age em duas fases: a primeira, líquida, libera óleo de cártamo no organismo, que tem o poder de evitar o acúmulo de gordura. A segunda, pequenas partículas de cafeína são liberadas gradualmente no organismo, elevando a temperatura corporal e aumentando o gasto calórico por sua ação termogênica. Preço: R$ 89,90 a 105* (62 cápsulas)

● Fish Oil, Sundown Naturals: Rico em ômega-3, ajuda na manutenção dos níveis saudáveis de triglicerídeos no sangue e bom funcionamento do sistema nervoso. Além disso, ajuda a hidratar a pele. Preço: R$ 85 a 100* (90 cápsulas)

*Preços pesquisados em dezembro de 2013.

 

Publicidade

Anuncie