A obra é a primeira HQ do Brasil ao abordar a pandemia da Covid-19

Segundo o autor, a “Esperança Contra o Coronavírus”, é a primeira história em quadrinhos a abordar esse tema no Brasil. “Essa doença mudou tudo. O objetivo do livro ilustrado é mostrar, de forma lúdica, como precisamos mudar nossos hábitos de higiene e proteger as pessoas do grupo de risco. A Prefeitura de Uberaba sai na frente ao disponibilizar este material no seu site, o qual pode ser lido pelo celular sem riscos para quarentena”, afirma.

Conforme informado à Folha Uberaba, a primeira parte conta a história de uma criança cadeirante que muda sua vida após conhecer Peirópolis, um dos maiores sítios paleontológicos da América Latina, e seus dinossauros. O enredo é cheio de aventuras, de promoção da inclusão das pessoas com deficiência, além de atrativo design gráfico. Lacerda, o idealizador do projeto informa que cada escola da rede municipal de Uberaba vai receber um exemplar impresso.

“A abordagem feita pelo autor traz um olhar para a inclusão, que vai além das limitações físicas ou intelectuais. Aborda com maestria também a inclusão das pessoas, no que se refere ao acesso de todos, independentemente das limitações, aos bens socioculturais da humanidade, como por exemplo, o patrimônio histórico e científico”, considera a professora Silvana Elias, secretária de Educação de Uberaba.

A segunda parte “A Esperança Contra o Coronavírus”, apresenta de forma lúdica a história da criança cadeirante em uma aventura com dinossauros de Peirópolis, o boi Chave de Ouro do Museu do Zebu, o primeiro presidente da ABCZ, Geraldino Rodrigues da Cunha e o médium Chico Xavier. O principal objetivo é chamar a atenção para a proteção de pessoas no grupo de risco durante o período da quarentena e conscientizar as crianças sobre os novos hábitos de higiene na luta contra o coronavírus.

De acordo com Luiz Carlos Borges Ribeiro, geólogo do Complexo Cultural e Científico de Peirópolis da UFTM e idealizador do Projeto Geopark Uberaba – Terra de Gigantes, “A Menina do Violino Azul” é a obra mais consistente publicada em Uberaba voltada ao público infanto-juvenil que traz à luz do conhecimento a fantástica pré-história vivenciada aqui entre 80 e 66 milhões de anos atrás. “Com uma linguagem didática e leitura prazerosa, guarda consigo uma exatidão científica e fidedigna da geologia regional e seu conteúdo paleontológico. Com certeza uma ferramenta primorosa na educação patrimonial nomeadamente do público estudantil acerca dos valores de nossa geodiversidade, reafirmando a cidade como a terra dos dinossauros do Brasil”, diz.

O livro em formato de e-book, de acordo com ele, chega em momento muito especial para a comunidade, corroborando para o fortalecimento do Projeto Geopark Uberaba – Terra de Gigantes.

Neste caso, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo teve grande participação no incentivo ao fomento das informações do macroprojeto de turismo da Cidade. “Com toda a certeza, será elemento fundamental na geração do sentimento de pertencimento de toda a população sobre os valores e as identidades únicas de nosso território, requisito imprescindível para o reconhecimento do Geopark Uberaba como membro da Rede Global de Geoparks da Unesco”, relata Luiz Carlos.

Publicidade

Anuncie