O processo contra o prefeito e a eterna pantomima de alguns

Mozart Jr.

A questão em torno do não acolhimento da denúncia contra o prefeito na Câmara Municipal segue dando o que falar.

Acompanhei todo o processo e posso dizer que mais uma vez, a política foi transformada em circo por muita gente...

Vamos por partes, creio que muita gente vai me atacar depois desse texto, porém, devo dizer que não é um texto para agradar, como algumas posturas por aí...

A questão do processo foi tratada na casa de leis do município, não é isso que é a Câmara Municipal pois bem, a atitude do atual presidente da casa, foi corretíssima quando ele disse que tudo seria feito dentro da maior transparência e que não iria fazer algo que causasse problemas legais futuros para si.

Repito se é uma casa de leis, nada mais sensato que ouvir a posição da casa, emitida pelo seu procurador, uma opinião oficial, baseada na lei, sendo assim, indiscutível. Como o procurador deixou claro, a denúncia continha vícios, ele não disse que ela era verdadeira ou falsa, como não lhe cabia, mas sim que era desprovida de exigências básicas para ser aceita.

Aí vamos ao ponto: Se a posição legal era essa, era básico que todos os envolvidos seguissem essa diretriz, porém, alguns vereadores jogaram pra galera. Essa é a verdade nua e crua. Alguns por questões partidárias, outros por um desesperado oportunismo, achando que parecer oposição agora pode garantir seu retorno em 2020. Não é isso?

Deem uma repassada no histórico de cada um e verão que alguns até ontem eram parceiros de primeira hora do executivo, o que mudou? Se não o medo de perder a cadeira?

Na verdade, entre esses “heróis do povo" tem gente que foi responsável por transformar aquela casa em uma casa de pantomima em passado recente...

Essas pessoas esquecem que a democracia tem regras, e isso a faz ser o melhor sistema de governo existente, agir inconsequentemente, apenas para agradar um grupo, numeroso é verdade, é ir contra a própria democracia.

As coisas precisam seguir os ritos corretos para se garantir a legalidade ou, se formos ignora-los a qualquer clamor das redes sociais, teremos que reinventar o sistema... Por falar em redes sociais, impressiona o número de apaixonados por Uberaba que brotam com as proximidades de uma eleição, o ufanismo ressurge sempre nessa época em algumas pessoas... Outros heróis das redes sociais também exalam amor desinteressado pela cidade e pelos anseios da população... E de seu ilibado caráter apontam e acusam a tudo e todos... Como falei, não espero que concordem com minha opinião, porém, se alguém está incomodado com o atual governo, é preciso ter bom senso e reconhecer que certas figuras que estão disseminando o ódio e a torcida pro quanto pior melhor, não inspiram esperança de que se alcançassem o poder seriam melhores do que os que condenam...

E preciso cuidado pra não se tornar instrumento nas mãos de pessoas cujos interesses são apenas seus umbigos. Uma questão grave dessa precisa ser avaliada a fundo. Todas as opções precisam ser profundamente avaliadas, o que muda atendendo os interesses dos heróis da rede social? O que há por trás desses heróis, ou quem?...

Onde estavam os heróis de agora, há dois anos? Se as pessoas que estão comprando certas posturas soubessem um pouco dos bastidores, veriam que não há santo nesse bordel. Infelizmente o interesse coletivo é apenas instrumento para alguns, como eu disse, não espero que concordem, mas peço que apenas avaliem a história de cada um, busquem saber um pouco mais sobre todos os personagens da trama, ah e faça isso com os heróis das redes sociais também, aí sim, tome sua decisão.

Lembre-se que as vezes, tudo é tão errado que parece certo é que quando “ Todo mundo está pensando a mesma coisa, é porque ninguem  está pensando...”

Publicidade