Novo aparelho vai aumentar a produtividade de tomografias no HC-UFTM

A Rede Ebserh promove, desde sua criação, compras centralizadas de equipamentos e insumos para os 40 hospitais universitários federais vinculados, nas cinco regiões do país. Na última aquisição, foram investidos R$ 68 milhões em 19 equipamentos digitais de diagnóstico por imagem.

O lote é composto por 11 angiógrafos, para exames radiográficos dos vasos sanguíneos, e oito tomógrafos, que examinam estruturas anatômicas, por meio de cortes de imagem. No total, 16 hospitais receberão os aparelhos, cuja compra centralizada possibilitou economia de R$ 7,5 milhões. 

No Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, que já preparou a área para receber um novo tomógrafo de 16 canais, o incremento tecnológico permitirá aumentar ainda mais a produtividade desse tipo de exame. 

“Já possuímos dois tomógrafos, de 16 e 64 canais, e superamos em 71%, conforme dados de junho, a meta contratualizada com o gestor municipal de saúde. Esse investimento amplia e dinamiza nosso potencial de realização de tomografias, beneficiando os pacientes”, explica a gerente Administrativa do HC, Maria Cristina Strama. 

A contratação cobre todas as etapas do processo de instalação, incluindo projetos de engenharia e adequações na infraestrutura, para receber os equipamentos de modo adequado. Segundo o diretor de Administração e Infraestrutura da Ebserh, Erlon César Dengo, a compra centralizada agiliza a entrega dos serviços à população e gera economia aos cofres públicos. “Assim que os projetos são aprovados, a execução pode ser iniciada, sem a necessidade de uma nova licitação”, detalha.

Sobre a Rede Ebserh - Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Essas unidades atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais e o desenvolvimento de pesquisas. A Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

 

Publicidade

Anuncie