Mulher é morta a facada por causa de som alto

Uma mulher de 24 anos foi assassinada com uma facada na tarde deste domingo, 10, no bairro Jardim Primavera.
De acordo com as informações repassadas à Folha Uberaba, a polícia foi acionada e ao chegar ao local, na rua Laudorina Maria de Jesus, deparou com duas crianças que disseram que sua mãe havia sido esfaqueada.
No interior do imóvel os militares encontraram a vítima caída entre a sala e o quarto, em meio a uma poça de sangue.
O SAMU foi acionado e constatou óbito.
A perícia técnica compareceu ao local e constatou que a vítima, Tatiele Silva Amancio, sofreu cerca de sete golpes de objeto perfuro cortante no peito.
Duas testemunhas relataram que estavam em companhia da vítima bebendo e ouvindo música e em dado momento, a energia caiu, ao sair para ver o que aconteceu, a vítima descobriu que seu vizinho, de 30 anos havia desligado o padrão, os dois entraram em discussão e ele disse que desligou por causa do som alto. Os amigos da vítima relataram que conseguiram apartar a confusão e retornaram para dentro da casa.
Ela voltou a ligar o som e apesar dos conselhos dos amigos para baixar o volume, se recusou.
Em dado momento o vizinho invadiu a casa repentinamente com uma faca na mão e desferiu os golpes contra a vítima e saiu correndo.
A polícia constatou que o autor é irmão de um ex-namorado da vítima, e que ela havia sido ameaçada de morte pelo irmão do autor ao terminar a relação.
Segundo o boletim policial, o irmão do autor teria dito que se soubesse que ela estava com outro, acabaria com sua vida.
As crianças, filhas da vítima, ficaram sob a guarda do avô.
O autor não foi localizado.
#folhauberaba #uberabamg #pmmg #ocorrências

Publicidade