Mulher denuncia abuso de proprietário de imovel em que residia contra as duas filhas

Uma mulher de 43 anos acionou o Conselho Tutelar da cidade de Água Comprida e a PM na segunda-feira, 22, para registrar abusos, sofrido por suas filhas de 10 e15 anos, elas foram importunadas sexualmente pelo proprietário da casa onde moraram em Uberaba.
De acordo com as informações repassadas à Folha Uberaba, a solicitante relatou ter morado em Uberaba no ano de 2019 em imóvel na rua das Margaridas no Costa Teles, onde segundo ela há um terreno com diversas moradias do mesmo proprietário.
A solicitante relatou que, após se mudar para Água Comprida, notou mudanças no comportamento da filha de dez anos, segundo ela a menina se tornou arredia, quieta e chorava sem motivo aparente.
Após muito diálogo, a filha acabou contando ter sido vítima de abuso sexual pelo dono das moradias, de 60 anos.
Após o relato da irmã, a outra filha dela, de 15 anos, contou que também foi importunada pelo autor no período em que residiram lá.
O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.
#folhauberaba #uberabamg #pmmg #ocorrências

Publicidade