IDF pode desenvolver projeto educacional em parceria com a ONU no Colégio Tiradentes de Uberaba (MG)

O Instituto Daniel Franco (IDF) quer desenvolver o Projeto Modelo de Simulação das Nações Unidas do Ensino Médio (MONUEM) no Colégio Tiradentes da Polícia Militar de Minas Gerais, de Uberaba. Em seguida, a proposta pode ser implantada para demais em escolas da PMMG do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.

A proposta foi apresentada ao comandante do Colégio, Major Cleber Soares Padilha e à Diretora Pedagógica, Marina Gabriela de Melo Vieira Abreu pelo presidente do IDF, Daniel Franco. O encontro contou com a participação da vereadora Lú Fachinelli, que também é parceira do IDF.

O Major da unidade de ensino afirma que o projeto é excelente e, para a diretora pedagógica Marina, vai ao encontro das propostas e a missão do CTPM – Uberaba e dos valores e fundamentos da PMMG.  “Tenho certeza de que faremos uma parceria e um trabalho maravilhosos com a comunidade”, diz Marina.

O Projeto MONUEM promove a alunos do ensino médio aprendizado em temas da agenda internacional. A realização de modelos de simulação das Nações Unidas (MONUEM) surgiu na Universidade de Harvard há mais de 40 anos e foi replicada no mundo inteiro. No Brasil, simulações são realizadas em diversas universidades, faculdades de Relações Internacionais e em colégios particulares de ensino médio.

A inciativa tem como objetivo oferecer aulas com a supervisão dos diplomatas que transmitem conhecimentos básicos sobre o sistema internacional e o funcionamento da ONU, bem como sobre as relações diplomáticas entre estados membros da organização, visando, sobretudo, a capacitar os alunos a refletir sobre a complexidade dos temas da agenda internacional, a participar em debates e a buscar soluções negociadas para conflitos. As aulas têm a assistência dos professores e dirigentes das escolas participantes.

Os alunos recebem ainda explicações sobre os objetivos de desenvolvimento sustentável defendido pela ONU até 2030. “É um projeto grandioso, que leva o nome da ONU e a chancela do Itamaraty e visa difundir o conhecimento e promover a discussão de temas extremamente importantes, de relevância internacional, para estes alunos”, explica Daniel Franco.

Publicidade

Anuncie