Homem é espancado até a morte no Morumbi

Um homem de 29 anos foi assassinado na madrugada desse sábado na avenida Ramid Mauad no Morumbi.
De acordo com as informações repassadas à Folha Uberaba, uma guarnição da PM deslocava para atendimento no bairro Girassóis e ao passar pela avenida, depararam com a vítima caída ao solo, os militares perceberam que havia sinais de violência e que a vítima provavelmente já estaria morta.
O SAMU foi acionado e confirmou o óbito.
A perícia técnica compareceu ao local e constatou que, um bloco de concreto que estava no local, provavelmente tenha sido a arma usada no crime. Foram recolhidos dois capacetes e o celular da vítima.

Uma testemunha relatou que estava em sua residência e ouviu uma discussão, segundo ele a vítima tentou cessar a discussão e ao não conseguir, saiu correndo, porém, foi alcançado pelo autor e agredido com socos e chutes vindo a cair ao solo.
Após a vítima cair desacordada, o autor a golpeou na cabeça por diversas vezes com o bloco de concreto.
Uma motocicleta que estava no local foi removida ao pátio e os militares deslocaram até uma residência na rua Rio de Janeiro, no Santa Maria, registro do proprietário do veículo.
No local, o morador informou que a motocicleta pertencia a seu cunhado, Josenildo dos Santos e que, estavam com outros quatro amigos fazendo um churrasco desde as 18 horas e que em dado momento, um dos presentes resolveu ir embora, a vítima então se ofereceu para leva-lo.

Ainda segundo a testemunha, por volta de 1h20 deste sábado, o autor ligou para ele e disse que, após discutir com a vítima, entraram em vias de fato e ele acabou o agredindo e matado.

De posse do endereço do autor, na rua Angela Maria Cussinato no Nova Era, os militares deslocaram para lá.
Ao chegarem, conforme repassado à Folha Uberaba, os militares ouviram alguém chorando e ao entrarem, encontraram o autor aos prantos em seu quarto.

O autor relatou que estava em um churrasco com a vítima e outros amigos e ao decidir ir embora, a vítima insistiu em leva-lo, no caminho ele desconfiou que a vítima não o levava para casa, então iniciaram uma discussão e a vítima parou na avenida Ramid Mauad.

Em dado momento, segundo ele, perdeu a cabeça e agrediu a vítima que caiu desacordada, então ele pegou o bloco de concreto e atingiu a cabeça da vítima por diversas vezes, em seguida foi para casa, trocou de roupa e ligou para o cunhado da vítima.
#folhauberaba #uberabamg #pmmg #ocorrências

Publicidade

Anuncie