FICCO CONCLUI INQUÉRITO DA OPERAÇÃO SAEPTA

A FICCO - Força Integrada de Combate ao Crime Organizado, composta pela Polícia Federal, Polícia Civil de Minas Gerais, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Penal, concluiu, esta semana, o Inquérito Policial referente à Operação Saepta, deflagrada rm abril último, em Uberaba, e que culminou na prisão de um indivíduo que residia na cidade havia 11 anos utilizando-se de nomes falsos, dentre eles Bruno Alexandre Damião dos Santos. O objetivo era se esquivar de mandado judicial de prisão em seu desfavor por condenação pelo crime de homicídio qualificado, que cometeu em São Paulo/SP.

No curso da investigação, indícios apontaram que o homem seria membro do alto escalão de facção criminosa com atuação na região de Uberaba. Ele foi indiciado pelos crimes de fasidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro.
Caso seja condenado, a pena poderá chegar a 23 anos de prisão.

O inquérito encerrado foi encaminhado à 1a. Vara Criminal de Uberaba/MG, para continuidade do processo.

Publicidade