Feti inicia o mês de abril com 46 jovens aprendizes contratados por empresas

De janeiro até a primeira semana de abril foram mais de 1300% de aumento no número de contratos efetivados com os aprendizes Feti

Número de jovens aprendizes, com idade entre 14 e 24 anos, contratados por meio da Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Dr. Renê Barsam” (Feti) e Departamento do Bem Estar do Menor (Probem), cresceu nos últimos meses. Dados da fundação apontam que, em janeiro, foram 11 contratações; fevereiro, 63; março fechou com 40 contratações e somente no mês de abril (primeiros sete dias do mês) foram contratados 46 aprendizes por empresas de renome da cidade. Isso resulta em mais de 1300% de aumento no número de contratos efetivados com os aprendizes Feti desde janeiro deste ano.

Para a gestão, mesmo diante da pandemia da Covid-19, os números sinalizam o início de um quadro favorável junto ao mercado de trabalho. Ainda de acordo com a gestão da Feti, esse número comprova o trabalho promovido pela instituição, que tem como pilar o ensino de qualidade e o comprometimento em formar jovens prontos para atuar no mercado de trabalho.

Atualmente, a Feti conta com 472 aprendizes em plena atuação em aproximadamente 200 empresas parceiras e mais de 900 jovens que já estão sendo preparados no Curso de Iniciação Profissional 1º semestre de 2021, que teve início na última segunda-feira (5).

Desde que a Lei da Aprendizagem (10.097/2000) foi vigorada, milhares de jovens e adolescentes entre 14 e 24 anos puderam ter a oportunidade de aumentar seu conhecimento e experiência profissional, sendo considerado um dos programas mais eficientes na contratação de mão de obra qualificada. A equipe Feti/Probem atende alunos em condições de vulnerabilidade social e, além das funções exercidas no cargo como aprendiz, o grupo também participa de treinamentos, cursos de capacitação, monitoramento do trabalho realizado nas empresas e acompanhamento com profissionais multidisciplinares que oferecem apoio aos jovens e às suas famílias.

A Feti funciona atualmente na rua Major Eustáquio, nº 790, no bairro São Benedito, local onde funcionou o antigo Clube Sírio Libanês.

Publicidade