Educação encerra Formação Docente em Educação para as Relações Étnico-Raciais

O curso teve a participação de professores da educação infantil e ensino fundamental

 

A Secretaria de Educação de Uberaba realizou, no decorrer do ano, diversas atividades sobre a importância das relações étnico-raciais no ambiente escolar. As ações aconteceram paralelamente entre arte e literatura, por meio da Formação Docente em Educação para as Relações Étnico-Raciais (ERER), além de atividades que exigem contexto pedagógico e complementam o cronograma do curso.  A culminância do curso será nesta terça-feira (03), das 8 às 12 horas, no auditório Safira da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, na Rua Frei Paulino, 30, bairro Abadia.

Uma das coordenadoras do curso, Patrícia Prata, enfatiza que o curso fomenta a aplicação da Lei 10.639, que estabelece o ensino da história e cultura afro-brasileiras e africanas nas escolas públicas e privadas do Brasil. “É o espaço para promover o diálogo acerca da diversidade cultural, até mesmo para esclarecimento da importância do povo negro para a cultura brasileira. Falamos sobre respeito com a religiosidade de todos na escola”, explica Patrícia.

O curso foi aberto a todos interessados e cada unidade escolar colaborou com a participação de até dois representantes, preferencialmente professores de História.

O curso é realizado pelo segundo ano pela Secretaria de Educação/ Casa da Educador em parceria com a Fundação Cultural de Uberaba, Superintendência Regional de Ensino e Universidades Federais de Uberlândia (UFU)  e do Triângulo Mineiro (UFTM).

Publicidade

Anuncie