Domingo na Concha fará tributo à Banda Mamonas Assassinas

O primeiro Domingo na Concha do mês de setembro homenageará banda Mamonas Assassinas. O vocalista do ‘Projeto ao Cubo’, Pablo Carvalho, juntamente com Rafael Endrigo, Leo Lamboglia, João Marcos Carvalho e Cesar Willian animarão o domingo (01), a partir das 12 horas, com o cover. No repertório, com as músicas dos Mamonas,  os artistas vão relembrar o último show de Dinho, Bento, Júlio, Samuel e Sérgio. Quem fica responsável pela abertura é o cantor Charles Junior.

O cover surgiu no auge dos anos 2000. Os amigos começaram a fazer imitações e surgiu a ideia de formar a banda ‘Pé na Jaca’ para realizar o show específico homenageando os Mamonas Assassinas. Desde então, tocaram em vários estados brasileiros e não pararam mais. Atualmente, cada integrante segue carreira em bandas diversas, mas pelo menos uma vez ao ano se reencontram para o cover.

"Nós éramos muito brincalhões e queríamos tocar músicas engraçadas. Acabou que juntaram cinco pessoas querendo realizar essa ideia”, conta o vocalista Pablo Carvalho.

O show de domingo promete honrar o legado da carreira dos Mamonas. "Será um reencontro de amigos para relembrar os maiores sucessos de uma das bandas mais marcantes do Brasil", finaliza Pablo.

O grupo Mamonas Assassinas surgiu em 1990, inicialmente com o nome ‘Utopia’, em Guarulhos, São Paulo. Tocava uma mistura de punk rock com influências de gêneros populares, tais como forró, brega, heavy metal, pagode, música mexicana, reggae, vira e sertanejo. A carreira durou pouco mais de sete meses, de 23 junho de 1995 até 2 de março de 1996, quando todos os integrantes morreram em acidente de avião.

A praça de alimentação estará em funcionamento a partir das 11 horas. A Concha Acústica fica na Rua Marquês do Paraná 46, Bairro Estados Unidos.

Publicidade