Desentendimento entre vizinhos acaba em homicídio

Um homem de 50 anos foi preso após matar o vizinho em Campo Florido na manhã desta quarta-feira, 4.

Segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, o crime se deu por conta de um desentendimento anterior relacionado aos cães de propriedade do autor.

A polícia recebeu a informação de que havia um homem baleado na rua G naquela cidade e imediatamente deslocou para o endereço.

Quando os militares chegaram, encontraram a vítima Jose Elenildo dos Santos, de idade não divulgada, já sendo atendido por uma ambulância do pronto atendimento.

Populares informaram que um indivíduo com as características descritas do suspeito, fora visto correndo sentido a rodovia com um sangramento na mão.

Os militares iniciaram rastreamentos e localizaram o suspeito no posto de pronto atendimento local, recebendo atendimento médico.

Aos ser abordado, o autor assumiu a autoria do crime e disse sai de casa para trabalhar, por volta das seis horas da manhã, quando a vítima tentou aborda-lo e desistiu em um primeiro momento por causa de seus cachorros.

O autor contou que um pouco mais a frente da via, a vítima se aproximou e armada com uma faca e uma garrucha, começou a gritar que iria mata-lo, gritando: “ Eu vou matar esse velho safado” e em seguida começou a desferir facadas contra o autor.

Ainda segundo relato do autor, em determinado momento, a vítima acertou sua mão esquerda e o autor então conseguiu segurar a faca e eles entraram em luta corporal, o autor então conseguiu sacar seu revólver calibre 38 e efetuou disparos contra a vítima, ele declarou não se lembrar de quantos disparos efetuou, e que após os disparos, saiu correndo levando a faca e que seu revolver foi apanhado pela vítima.

A esposa da vítima declarou que foi tentar socorre o marido e não viu arma nenhuma no local, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no posto de pronto atendimento.

O autor disse que os desentendimentos com a vítima se deram por causa dos cachorros dele, autor, e que a vítima já o havia ameaçado de morte outras vezes, porem ele não registrou queixa.

A polícia realizou buscas nos pertences do autor e encontrou uma faca de cerca de 20 cm, que ele disse ser da vítima, na mochila do autor foram  encontradas quatro munições intactas calibre 38 e uma faca de 15 cm que ele disse ter comprado de um cigano. A arma utilizada no crime não foi localizada.

Publicidade

Anuncie