Departamento de Educação Inclusiva realiza encontro do Grupo de Acolhimento Familiar na Escola Boa Vista

A proposta do projeto é acolher as famílias e identificar as potencialidades dos filhos

A Secretaria de Educação, por meio do Departamento de Educação Inclusiva, desenvolve há dois anos, o projeto Grupo de Acolhimento Familiar (GAF), com o objetivo de criar laços e parceria com as famílias de crianças atendidas pela nossa equipe. A reunião desse mês será na próxima quarta-feira (06), na Escola Municipal Boa Vista, às 18h30.

O projeto oportuniza momentos de interação entre responsáveis legais que vivenciam situações similares, possibilitando o acolhimento de suas dificuldades, angústias e auxilia uma melhor compreensão sobre a condição de deficiência dos filhos, fomentando o estímulo, apoio, confiança, atenção e liberdade no desenvolvimento familiar e individual.

Fabiana Cristina Bessin, coordenadora do Centro de Referência em Educação Inclusiva “Paulo Duarte Antônio Pável de Carvalho”, explica que no último GAF todas as escolas que fazem parte do cronograma foram convidadas a participar. “Procuramos fortalecer as famílias no enfrentamento às adversidades cotidianas e na manutenção do equilíbrio do sistema familiar. Acolhemos a todos com todo amor e respeito que realmente merecem”, declara Fabiana.

O projeto inicial era direcionado aos alunos da Educação Inclusiva, mas com o passar do tempo, a equipe percebeu que a ação poderia ser estendida a todos os alunos. “Quando falamos de regras e disciplinas não é só a criança da inclusão que tem essa dificuldade. O que as crianças precisam é da atenção da família, então resolvemos abrir para os pais que quiserem participar”, explica.

Além da Escola Municipal Boa Vista, as outras escolas-polos onde acontecem os encontros são: Escola Municipal Uberaba, Escola Municipal Adolfo Bezerra de Menezes, Escola Municipal Urbana Frei Eugênio, Escola Municipal Professor José Geraldo Guimarães e Escola Municipal Esther Limírio Brigagão.

Publicidade

Anuncie