Denúncia anônima leva a prisão de autor por tráfico no Jardim Triangulo

Após denúncia anonima, homem de 34 anos, foi preso na noite de segunda-feira, 22, por tráfico de drogas na rua Padre Donizete no Jardim Triangulo.
De acordo com as informações repassadas à Folha Uberaba, a equipe da Base de Segurança Comunitária da avenida Elias Cruvinel recebeu informações de que o autor estaria realizando intenso tráfico de drogas em sua residência e que ele guardaria a droga em um imóvel que fica nos fundos. Imediatamente foi montada uma operação e os militares deslocaram para o endereço.

A residência do autor não possui muros e os militares o encontraram em frente ao endereço, ao ser informado do motivo da abordagem, ele disse que poderiam ficar a vontade para entrar na casa, pois não havia nada de ilícito lá.
No imóvel os militares os militares localizaram a quantia de 945,95 reais em notas diversas em cima de uma cômoda, o autor alegou que o dinheiro era para pagar pedágio, embaixo de alguns livros, foi encontrado um invólucro contendo um pó branco semelhante a cocaína e na gaveta uma caderneta com anotações de comercialização da droga, o autor disse que a droga era sua, porém não sabia do que se tratava a caderneta.

Na cozinha, foram encontrados diversas embalagens plasticas do tipo das usadas para xup-xup que comumente são usadas para o comércio de drogas (crack), papel filme que comumente é usado para comércio de maconha e haxixe.

Os militares perceberam que não havia muros separando a residência do imóvel nos fundos e que havia várias marcas de diferentes pegadas naquela direção, apesar do imóvel possuir portão na entrada frontal, que estava fechado, o acesso pelos fundos através da residência do autor era livre.

Indagado, o autor disse que possuía acesso ao imóvel e que constantemente ia até lá para buscar limão, ao chegar na porta do imóvel, o autor demonstrou intenso nervosismo, os militares entraram e encontraram no banheiro, uma mochila preta em cujo interior havia grande quantidade de drogas, sendo, maconha prensada tipo colombiana, conhecida como haxixe e avaliada em 5 mil reais, pasta base, crack, balança de precisão e um RG no nome do autor que estava no segundo bolso da mochila.

O autor foi conduzido à delegacia com o material apreendido, além de um celular motorola que estava bloqueado e a polícia acredita conter mais informações sobre o comércio de entorpecentes.
O autor, que possui passagem pelo crime de tráfico de drogas, foi acompanhado por sua advogada na delegacia.

Publicidade

Anuncie