Coluna Mozart Jr. Sem Censura

Palavras
“Os políticos não conhecem nem o ódio, nem o amor. São conduzidos pelo interesse e não pelo sentimento.”
Philip Chesterfield

 

Caldeirão
E após as convenções de ontem, que definiram Ângela/Anderson, Lerin/Samir, Wagner Jr/Dr Heleno, Públio sem definição de vice, nada de calmaria no cenário eleitoral da Zebulândia.

 

Esperneando
Enquanto o pessoal do PR esperneia tentando justificar um valor difícil de engolir depois de tantas idas e vindas e discurso destoante, ainda esquecem que quem manda no partido tem nome e não está nem aí para os lacrimosos.


Presente
Ontem na convenção do PSB, quando Lerin apresentou Samir como vice, chamou atenção a presença de algumas pessoas que até outro dia eram críticos do candidato nas redes sociais. Outro que foi visto circulando pelo salão foi o vereador Borjão e não parecia muito a vontade...

 

Quente
Fonte bem informada da Coluna garante que a escolha de Samir provocou reações na base de apoio de Lerin, teve gente que não gostou da decisão e já expressava isso pelos cantos ontem mesmo. O problema dessa aliança que a primeira vista parece ideal para a vitória, é que são muitos candidatos a estrela...

 

Pauzinhos
Nas rodas de conversas sorrateiras, a notícia de que uma ordem de cima do PSDB poderia melar a aliança, obrigando Samir a seguir sozinho e consequentemente ciente de que não tem chances, ou se aliar ao PSD, teria não um dedo, mas a mão inteira do deputado Marcos Montes.

 

Lógica
Todos sabem que o deputado agora é considerado homem forte na base de apoio do presidente interino, que mantem ótima relação com o PSDB em nome da “governabilidade” e causa estranheza essa possível decisão dias após o presidente estadual do partido vetar a coligação com o PMDB, que hoje é aliado do PSD.

 


O que chamaria atenção nessa mudança de postura seria uma questão para todos que foram para as ruas contra a corrupção responderem: Não é o PMDB um dos partidos mais presentes nas denúncias de corrupção no país?  E não seria estranho o PSDB, agora aliar-se ao grupo que ele tanto combateu e responsabilizou pelos desmandos no país? Pois o PSD e o PMDB estão juntos, então restaria a Samir seguir sozinho, ainda que isso venha a significar não chegar...

 

Direto das mesas de boteco
Se Anderson tem certeza de que leva sua candidatura com a liminar, porque a opção de lançar a esposa e não a si próprio como candidato? Outra questão levantada pelos observadores; Por que Zé Luiz não comprou essa ideia? O parceiro de todas as horas de Anderson ter preferido caminhar com Lerin não causa estranheza?

 

Será
PC do B da Sumayra está com Wagner Jr., segundo as más línguas, em política é o que não falta, isso seria uma sinalização interessante. Em um possível segundo turno, Wagner estaria com Piau e em caso de vitória...

 

Não foi bem assim

A ex- presidente da FCU emitiu nota dizendo que não foi ouvida sua versão dos fatos ocorridos na Concha e se queixou disso. Nós a convidamos e a quem quisesse da FCU a falar sobre sua versão sobre o assunto no programa Paulo Garcia, não uma, mas diversas vezes, então ela não pode alegar que não foi aberto espaço para sua versão.

 

Publicidade