Coluna Mozart Jr. Sem Censura

Palavras
 A sociedade que condena seus governantes, é a mesma que os constitui!

Edson Trokideias Falcão
 

 

Quente
Clima quente na política da Zebulandia nas últimas horas. Na sexta feira a radio peão começou a circular comentários sobre a possibilidade do deputado Tony Carlos estar ameaçado de perder a cadeira na ALMG. Segundo as informações, os secretários de Meio Ambiente e dos esportes estariam pensando em deixar o governo mineiro, caso se confirme uma das alternativas, a coisa se complica.

Mãe Dinah
Certo instituto de pesquisa da capital que realiza a coleta de dados por telefone, recentemente divulgou o resultado sobre o melhor vereador de Uberaba, quando ganhou o pastor/vereador Samuel , com a benção dos fiéis e o nome de Tony Carlos apareceu como um dos mais votados… como vereador.

Opção?
Fontes da coluna garantem que  outra coincidência chama a atenção nessa história: Uma pesquisa, ao que tudo indica encomendada pela situação, teria sido realizada com vários cenários e em um deles, Tony aparece como candidato a prefeito pelo PMDB.

Difícil
Nas pesquisas, em todos os cenários, chama a atenção tambem o fato de que em nenhum deles o prefeito Paulo Piau estaria em boa situação. Tony Carlos aparece melhor que o atual prefeito em uma delas e inclusive melhor que o deputado Lerin da oposição.

Adversários
Nos cenários em que Tony esta, ele aparece sempre a frente de candidatos como Lerin, Samir, Piau e Ângela Mairink, aliás a esposa do ex-prefeito Anderson Adauto parece confirmar a tese que não se transfere votos…

Sem ele
Sem o nome de Tony, o  prefeito Paulo Piau aparece de novo sendo superado por candidatos de oposição, o quadro não é favorável ao prefeito. Aí vem a pergunta; Tony Carlos poderia ser o nome do PMDB para vencer a eleição municipal? Piau aceitaria ceder lugar ao deputado ao ver que ele tem mais apoio popular hoje? Ou Tony Carlos será candidato a vereador para não correr riscos? Que rufem os tambores…

justifica
Outra coisa, as pesquisas justificam a informação que trouxe outro dia sobre situação e oposição falarem ate em conversar para enfrentar um mal comum... Esse "mal" estaria rodando na frente nas pesquisas...

 

Esquina
Em Agosto de 2014 publiquei na Coluna queixas de moradores do bairro Fabrício em relação ao problema do cruzamento da rua Jaime Bilharinho com Avenida Lucas Borges. Na ocasião,após mais um acidente ali, moradores fizeram abaixo-assinado pedindo instalação de semáforo, a prefeitura respondeu que era inviável economicamente.

Então…
Passado um tempo a prefeitura fechou o canteiro central da avenida, acabando assim com a travessia que era realizada ali, mas apesar disto instalou-a um poste para semáforo. Agora a prefeitura abriu o canteiro novamente e colocou o semáforo para funcionar, tanto ali quanto para quem segue para o cruzamento da avenida Lucas Borges com Maria carmelita Castro Cunha  e Gustavo Rodrigues da Cunha. Aí vem a pergunta: Por que gastar duas vezes? Por que não foi feito logo na primeira vez?

Saudade…
Para quem pensou que isso seria impossível, ouvi de um morador do bairro Fabrício na sexta feira a seguinte frase: “Que saudade do Sarmento…” O autor da frase disse que nunca viu lambança com a feita na avenida ali no segundo cruzamento citado, agora quem saio da Vital de Negreiros e entra na avenida pode pegar o cruzamento totalmente fechado por engarrafamento criado pelo semáforo não sincronizado.

 

 

 

Publicidade