Coluna Mozart Jr.

Palavras

"O que acontece em Vegas, fica em Vegas. O que acontece no Twitter, fica no Google para sempre."

Jure Klepic

 

Será
A prisão de vereadores em Uberlândia tem dado o que falar por aqui. Muita gente fazendo referência a Câmara de Uberaba de forma irônica, “avisando” que estão chegando perto. D
e minha parte, vejo que é preciso cuidado com certo tipo de comentário para não se cair na leviandade. Todo mundo sabe que o GAECO é muito atuante e se não houve até o momento movimentação por aqui, é porque não houve motivação para tal. Vamos aguardar.

 

Sistema diferente


Em conversa com o ex-deputado Tony Carlos, que também foi vereador, ouvi a afirmação de que em Uberaba as coisas funcionam de forma completamente diferentes de Uberlândia e que o sistema adotado aqui, desde a época em que ele era vereador inclusive, é muito mais transparente e com muito menos chances de ocorrer desvios.

 

Exemplo
Tony citou como exemplo, as despesas de viagem, por lá, faz se a viagem e depois apresentam as notas para reembolso, o que possibilita desvios. Por aqui, as verbas de diarias, são pré-fixadas e portanto, não há como acontecerem desvios. De acordo com Tony a transparência por aqui é levada mais a sério do que em outros lugares.

 

Triste
Apesar de algumas pessoas discordarem, confesso que para mim esse tipo de notícia é para entristecer sim. Afinal, quando achamos que as coisas estão mudando nesse país, vemos que as velhas práticas ainda estão muito na moda.

 

Segredo
E vou contar um segredo para algumas pessoas; é possível amar Uberaba sem odiar outras cidades. Não há vantagem alguma para nossa cidade em se ver situações negativas em municípios vizinhos, por lá também, quem paga a conta, é o povo, como em qualquer outro lugar desse Brasil.

 

Condenação
Outro ponto a ser levado em consideração é que, de uma forma ou de outra, todos os parlamentares citados já foram condenados... mesmo que algum no futuro venha provar sua inocência, a condenação via redes socais já está sacramentada e esse é outro ponto que sempre digo que precisa ser olhado com cuidado. Vale lembrar que em Uberaba, recentemente, alguém que foi condenado e excluído da vida pública, depois de duas décadas, foi inocentado...

 

Indigesta
A notícia anunciada hoje pela rádio Itatiaia de Belo Horizonte que, mais uma vez o governo Zema prioriza o setor de segurança pública e esquece os outros setores do estado não foi bem assimilada pelas outras categorias que voltaram a manifestar sua insatisfação com o atual governo.

 

Reflexo
É de conhecimento geral que o governador tem cedido na queda de braço com o setor da segurança no Estado. Deputados atuantes e uma mobilização constante e midiática do setor tem levado a várias vitorias em suas exigências.

 

Quem não chora...
Falei no programa Conexão Uberaba que vai ao ar de segunda a sexta feira, pela rádio América FM, frequência 99.5, sobre o tema. Não vejo erro no posicionamento da classe da segurança pública, ao contrário, vejo erro nas outras categorias, que não conseguem se mobilizar com coesão e ficam restringindo suas reclamações a redes sociais sem maior ação efetiva. Enquanto for assim, vai descer goela abaixo mesmo.

 

...Não mama
Vale lembrar que o judiciário também não tem sofrido com a questão de pagamentos no Estado, ou seja, é preciso ter bala na agulha para pressionar, é preciso ter poder de barganha. Aí eu pergunto? As outras categorias não têm? Ou não tem capacidade de articulação?


Audiência
E por falar no programa, ficamos muito felizes com o crescimento vertiginoso da audiência, aproveito para agradecer a cada um que acompanha pela live na Folha Uberaba ou pelo rádio.

 

 

 

 

 

Publicidade

Anuncie