Coluna Mozart Jr.

Palavras
"As mentiras sempre foram consideradas instrumentos necessários e legítimos, não somente do ofício do político ou do demagogo, mas também do estadista."
Hannah Arendt 

 
Quente
Quem acha que é só o calor que anda aquecendo a Zebulandia, não tem ideia de como a política esquentou os últimos dias por aqui...
 
Tudo junto e misturado
Após reunião na sexta feira, onde figuras que antes pareciam completamente antagônicas, assinaram manifesto de união em prol de uma mudança no quadro político local, o imaginário popular deu vazão a varias possibilidades para 2020.
 
Liderança 
Uma coisa é certa, algumas figuras que saíram fragilizadas na ultima eleição, parece terem aceitado de bom grado a liderança do ex-prefeito Anderson Adauto como o guia da oposição.  
 
Manifesto
Um manifesto foi distribuído pelo ex-prefeito nas redes sociais, sobre reunião na sexta feira, falando do alinhamento de varias forças de oposição, em sua maioria de esquerda, que, segundo o manifesto, tem como objetivo, o resgate da auto estima dos uberabenses.
 
Lado a lado
O ex-deputado Lerin, antes inimaginável nesse contexto, aparece ao lado de AA e outras figuras que até outro dia rezavam na cartilha da atual administração.   
Aliás, justiça seja feita, oposição declarada e atuante, apenas os dois vereadores que optaram por esse caminho já há algum tempo, Mariscal e Kaká. 
 
Denúncia 
  
A segunda-feira foi sacudida por uma denuncia, documentada, do vereador Thiago Mariscal, que, acompanhado dos deputados Cleitinho e André Janones, estiveram no centro se zoonoses de Uberaba e denunciaram, mostrando onde estava, um “esconderijo" de medicamentos vencidos e descartados de forma irregular.
 
Faro?
Muita gente ironizou o fato do vereador ter ido direto ao local onde estavam “escondidos" os medicamentos, em sótãos do centro de zoonoses. O vereador esclareceu em rede social, respondendo ao secretário Iraci Neto, que não, não foi adivinhação, e sim, “gente do secretário" que entregou a fita ..
 
Apuração 
Estive lá e pude ver o grande numero de produtos descartados irregularmente,  muito dinheiro publico desperdiçado, ouvi  a prefeitura sobre o caso.
Segundo o secretário de saúde, a decisão tomada foi acionar o MP, polícias Civil e Militar e solicitar uma apuração detalhada do caso.
 
Armação 
O secretário disse crer em armação e cita a coincidência do lançamento da frente de oposição com a “descoberta". Iraci chama a atenção para o fato de que 99% dos insumos encontrados vencidos, terem origem na administração anterior.
 
Quem?
Uma pergunta que não pode ficar sem resposta é:
Quem colocou esse material no sótão? E por que? 
 
Erros
É claro que a atual administração não pode se furtar a assumir que cometeu erros no episódio, ainda que menos graves do que se propaga nas redes sociais, houve sim uma falha na falta de conhecimento do erro que é  estrutural.
No mínimo se falhou em mapear e conhecer a estrutura.
 
Questão 
Mas, se for comprovado que tudo isso foi feito no governo anterior, resta a questão: qual objetivo? Não deixar para uso da atual administração? Criar um ponto de desgaste futuro? Ou apenas erro não proposital mesmo?
 
Esperança 
O que resta a nós, pobre mortais, é esperar uma apuração séria, onde não sobre dúvidas e a punição a quem for realmente responsável por essa situação que pode inclusive ter custado caro a muitos contribuintes...
 
Proximos capítulos 
As cenas dos próximos capítulos prometem emoções dignas de folhetins...
 
Torcida 
Ao final de tudo isso, resta uma torcida muito importante também: que o vereador Thiago Mariscal consiga ter uma recuperação tranquila do acidente sofrido durante a investigação. Afinal, paixão política, não pode nunca ultrapassar o respeito a questão humana, ao semelhante e a divergência de opiniões.

 

Publicidade

Anuncie