Coluna Mozart Jr.









Palavras
Do fanatismo à barbárie não há mais do que um passo.
Denis Diderot
 
Rebuliço
A informação de que conhecida supervisora da SRE irá assumir, ainda que interinamente a superintendência regional de ensino, causou um grande rebuliço nas redes sociais nesta quarta-feira.
A coisa ferveu, se por um lado algumas pessoas ligadas à política externaram votos de sucesso, por outro, profissionais da área não gostaram nada, nada da indicação. Vale lembrar que essa indicação é até que seja concluído o processo seletivo, modelo adotado pelo governo Zema para a escolha de cargos técnicos.
 
Linha dura
A servidora tem fama de ser linha dura e segundo alguns professores, nem sempre foi muito delicada no trato com aqueles que estão abaixo de seu cargo... Agora é esperar pra ver se isso é intriga da oposição ou se realmente o pessoal tem razão.
 
Críticas
Aliás, o governo Zema tem sido bombardeado nas redes sociais por conta de insatisfação de servidores que não são da segurança publica, a diferenciação no tratamento no que tange a pagamento de salários tem revoltado os servidores de outras áreas e olha que os da segurança nem estão assim satisfeitos...
 
Ameaça
Durante a semana até uma ameaça feita por oficial da reserva, que chegou a falar em matar o governador ganhou destaque na mídia. O que chama atenção nesse tipo de manifestação, é o fato de que durante o (des)governo passado não se viu esse tipo de manifestações tão  exaltadas.
 
Incomodou
Uma nomeação no gabinete do presidente da CMU Ismar Marão parece ter revoltado algumas pessoas, o questionamento ganhou as redes sociais, desafetos da moça não gostaram nada, nada da historia.
Sem fugir da raia, característica que tem feito com que angarie respeito até de adversários, Marão simplesmente chamou pra si a responsa e disse que “se não tem antecedentes, não é acusado de corrupção ou algo parecido, está apto aos quadros da CMU... o resto, para ele, é  mimimi

Buscando

O secretario de saúde Iraci Neto esteve com o deputado Franco Cartafina em Brasília levando demandas da saúde publica de Uberaba e segundo ele, a reunião foi muito produtiva.
 
Ministro
Franco por sua vez, disse que foi muito importante a presença do secretario lá, e que o ministro Luiz Henrique Mandetta se mostrou sensível as reivindicações de Uberaba e região. O deputado falou da possibilidade de logo, logo o ministro fazer uma visita a Uberaba para conhecer de perto as demandas da saúde.
 
Santo de casa...
Chamou atenção um ponto na fala do deputado uberabense, ele falou de demandas levadas a seu gabinete, relativas a varias cidades da região e entre elas, Ituiutaba... É, exatamente a cidade do deputado que veio em Uberaba, quando em campanha, ensinar o secretario de saúde a trabalhar...
 
Por falar em saúde
Acho que vai chegar a hora em que as pessoas vão entender que a internet não é terra de ninguém. Um fato lamentável chegou a conhecimento da coluna essa semana. Pessoas que não tem a mínima noção do que é brincar com a vida humana, estão agindo de forma irresponsável, pensando apenas em ganhos políticos futuros.
 
Jogo perigoso
Uma senhora que estava dependendo de liberação para uma cirurgia, foi procurada por uma pessoa que se diz com poderes políticos e que é ligada a certo político influente, essa pessoa garantiu que iria intervir e resolver o problema da idosa. Pois bem, a tal questão não era de responsabilidade da secretaria municipal de saúde, porém, o assessor de comunicação Paulo Garcia me mostrou que, ao tomar conhecimento do problema, que era relacionado a hospital da iniciativa privada e ver a situação da idosa e a forma como ela estava sendo covardemente enganada, resolveu assumir a bronca. O caso foi assumido pela secretaria que conseguiu a cirurgia para a paciente. Enquanto isso os “bonzinhos" sumiram...
 
Má fé
Já falei aqui e repito, tem gente que age de má fé quando o assunto é politica. Gente esclarecida, do meio, atribuir à prefeitura responsabilidade sobre questões ligadas ao governo federal ou estadual, é no mínimo, má fé, porque se não for, só pode ser muita ignorância...
 
Tempos difíceis
Amigo meu que é profissional liberal, contou que chegou a ter problemas até com perda de clientes que simplesmente não aceitam a mínima critica ao atual governo federal.
Ele me confessou que está assustado com o nível de intolerância vigente, parece que estamos em uma guerra e se você não acha tudo divino e maravilhoso nas lacrações de presidente, você é um lulopetista, comunista, financiador do Maduro... Não há meio termo.
 
Atendimento
Confesso que queria muito elogiar estabelecimentos de Uberaba aqui, por isso, vou usar o lado positivo para falar, vou citar aqui o atendimento do repaginado Santa Brasa e do Varanda Quatro Cinco, dois locais onde a gente até pensa em levar aqueles amigos que vem visitar Uberaba.
Falo isso porque fui convidado por amigo, ao Outback em Uberlândia e vou falar uma coisa, ainda não vi por aqui um atendimento naquele nível. O tratamento desde a chegada até o fechamento da conta foi algo simplesmente perfeito, fica a dica para que o pessoal da área dê uma ida até lá e copie.
 
Nota ruim
E como não posso deixar passar em branco, vou falar de uma decepção nesse sentido. No domingo retrasado, estava com amigos da região e após uma experiência altamente positiva na Concha, a turma queria ir pra um lugar legal. Pois bem, demos uma olhada básica na pagina “O que fazer Ura" e levei a turma para o Steack&Co, no Shopping, o mais próximo do Outback, pensei eu...
Chegando lá, o cardápio, apesar da demora em trazerem um, até era interessante, porém,  acabou aí a pauta positiva...
Atendimento que me remeteu ao velho chavão que era usado pra definir Uberaba quando eu conversava com amigos das cidades vizinhas... faltou perguntarem: “vocês são de qual família?” E como parece ou não, parece que temos cara de famílias muito “importantes" fomos meio que deixados de lado... Até servir os pratos sem os talheres... É não deu pra mostrar pros meus amigos visitantes que nós também temos excelência por aqui...

Publicidade