Coluna Mozart Jr.






Palavras
“Não é fascinante a exótica dialética da demagogia?”
Helen Louzada


Abriu fogo
O deputado tijucano André Janones, conhecido pela sua expertise em usar as redes sociais para auto promoção, que através de duras críticas aos políticos locais, em especial ao secretário de saúde, as vésperas da eleição  passada, arrebanhou nada mais nada menos do que cerca de 12 mil votos, desbancando candidatos da terrinha por aqui, abriu fogo de novo contra uberabenses.


Alvos
Os escolhidos da vez foram o radialista Paulo Garcia e o presidente da CMU Ismar Marão. Janones acusou Garcia de ter falado que andaria de cuecas ate Uberlândia se ele fosse eleito, nesse caso ele errou o alvo, a fala não era do atacado.


Grave

Já no caso do vereador Ismar ele foi mais longe, acusou o presidente da Câmara de ter recebido propina para brecar pedidos de impeachment do prefeito Paulo Piau, entre outras coisas...


Confirmou?
Falei no programa que fazia com Garcia há muito tempo, que não me surpreenderia se Janones aparecesse no pleito do ano que vem. Fui tido como louco por muitos. Porém, o que falei, foi baseado em encontro que tive com o deputado e seus apoiadores logo após a eleição, percebi ali, que a pretensão era muito maior do que levar alguns votos esporádicos por aqui... No final de sua fala hoje, o deputado fez um “alerta" a Marão e a todos aqueles que ele considera desafetos políticos aqui, e foi bem claro dizendo: olha lá que em novembro do ano que vem vou ai e disputo a eleição hein...


Imprensa
Em outro vídeo seu, o deputado cuspiu fogo também contra a imprensa local e disse que TODA ela quer dinheiro dele e como ele não da e nem vai dar, o atacam...


Aliados
Que Janones está bem próximo de Thiago Mariscal, por exemplo, todo mundo sabe, falei aqui já da possibilidade de uma dobradinha, mas o que muita gente questiona é: de quem mais? Quem mais está compondo com o grupo dele? Recentemente Anderson Adauto, apesar de confirmar um encontro com o deputado,  negou que haja algo mais do que isso e disse ainda que, a foto feita junto a um dos apoiadores dele aqui, foi só  coincidência.  Será?


Empolgou
A fala do deputado empolgou algumas pessoas aqui, uma delas gravou também um vídeo enaltecendo o discurso do tijucano e reafirmando em alto e bom som, a acusação de corrupção por parte de Ismar Marão  e a maioria dos vereadores. Agora é aguardar as cenas dos próximos capítulos.


Incomodando
O recente episódio envolvendo uma empresa de Brasília que questionou processo licitatório da Codiub, mesmo não sendo da área dos produtos em questão, chamou atenção para alguns fatos. Para o presidente da Codiub Denis Silva, a coisa vai muito além de querer apenas prejudicar o projeto Cidade vigiada, projeto aliás,  que antes de entrar em operação,  já virou sonho de consumo de muitos municípios e será sem dúvida uma revolução na questão da segurança pública em Uberaba.


Desgaste
Para Silva, não há outra explicação para o fato que não seja a de que querem criar desgaste, ele chamou atenção para alguns erros na interpelação feita pela empresa, como por exemplo, confundir o enquadramento da lei de licitações no caso da empresa que, diferente do que muita gente acredita, é mista.


Bastidores
Pelos bastidores, a velocidade com que a informação chegou a algumas pessoas, sabidamente ligadas a opositores do atual governo, chamou atenção e uma coisa que ninguém descarta, é a possibilidade de fogo amigo na história.


Ciúmes
Todo mundo sabe que no mundo da política há ciúmes para todo lado e o destaque alcançado por Silva, ao transformar uma empresa que todos consideravam morta em exportadora de projetos, em altamente superavitária, além do aplicativo que está incomodando o cartel de combustíveis da cidade também colocam o presidente da Codiub na mira de muita gente...


Disseminada

Aliás, a julgar pelas últimas informações que me chegam, a prática do fogo amigo nunca esteve tão na moda quanto no atual momento da política uberabense. O presidente da Fundação Cultural foi mais um alvo dessa prática após ter feito um “discurso" de um minuto e meio na Concha domingo passado. Apesar de os frequentadores não terem manifestado nenhuma insatisfação com o fato, a informação que circulou já transformou o fato em um desgaste...


Aplicativo
Por falar em aplicativo, o “combatente" Ricardo Teles me garantiu que apesar das pressões, ele está otimista na expectativa de que a Codiub consiga liberar o app que já esta pronto.


Reforço
E apesar das forças contrárias, que segundo fontes, envolveriam um ex-vereador, a luta que teve a bandeira levantada por Teles e alguns outros que toparam encarar essa briga, ganhou um reforço considerável.
O vereador Samuel Pereira pediu vistas ao projeto de regulamentação dos postos na cidade, e uma das proposições do vereador, que deve ganhar alguns pontos com a opinião pública nesse caso, é a de colocar uma emenda no projeto que torna  utilização do app como obrigatória... Agora não vai ter jeito de se esconder, é hora de saber quem é contra e quem é a favor de verdade do aplicativo.


Novidade?

O presidente da Cohagra chamou atenção para uma notícia amplamente divulgada na mídia nos últimos dias, que se refere a projeto do vereador Thiago Mariscal exigindo lista de espera  detalhada  das pessoas que aguardam casas populares.

Apesar de elogiar a  iniciativa do vereador, Jammal chama atenção para o fato de que esse processo já existia, basta olhar o site da Cohagra e ver que esse acesso a informação já era algo muito transparente.


Candidatura
Aproveitando a conversa, questionei presidente da Cohagra sobre candidatura, uma coisa é certa, o rapaz não tem nome de peixe como o prefeito, mas que parece bagre ensaboado,  ah isso parece... escorrega pra todo lado, vamos ter que aguardar mais um pouco, sobre sua aproximação com um grupo “alternativo" que pinta aí , é  que ele não fala mesmo...

Publicidade

Anuncie