Cárie pode causar parto prematuro

Foto: MF Press Global

 

O dentista Gustavo Meneguuci explica a importância da saúde bucal durante a gestação

O primeiro passo ao saber da chegada de um novo filho é ir ao ginecologista. Mas, a maioria das gestantes esquecem que é necessário cuidar da saúde bucal para evitar complicações na gravidez.

Pesquisadores desvendaram recentemente que a periodontite — inflamação e infecção dos ligamentos e ossos que dão suporte aos dentes —  aumenta em 2,18 vezes o risco de parto prematuro e dobra as chances do bebê nascer abaixo do peso.

O dentistas Gustavo Menegucci alerta que um pré-natal odontológico é a melhor forma de prevenir esse tipo de complicação. “O acompanhamento odontológico é tão importante quanto o ginecológico, pois nesse período, a região bucal se torna mais sensível a alterações hormonais e elas modificam principalmente a área da gengiva, tornando-as mais fragilizadas. Por isso, o ideal é reforçar os cuidados com higiene, procurar um profissional já no 2° trimestre da gravidez”.

A relação entre as cáries e o nascimento antes do tempo, se dá quando danos causados nas cavidades dentais já estão avançados a ponto de atingir os nervos e causar dor. “ Quando esse quadro se estabelece, a infecção pode liberar substâncias que estimulam o início das contrações, como cortisol e adrenalina que estão  intimamente ligadas ao estresse emocional e antecipam o parto”.

Segundo o dentista, a saúde bucal comprometida também pode colocar em risco a saúde do bebê. “Devido as lesões cariosas, a mãe pode ter dificuldade de se alimentar corretamente. Além disso, a flora bacteriana oral é modificada e pode pode transferir essas bactérias para o bebê após o nascimento”, alerta Gustavo.

 

 

 

Publicidade