Atendimentos noturnos já somam mais de 3 mil procedimentos em um mês em Uberaba

UMS Álvaro Guaritá é a quarta unidade a oferecer atendimento até as 22h no município

Com o início dos atendimentos noturnos na UMS Álvaro Guaritá, no Valim de Melo, Uberaba passa a contar com quatro unidades com atendimento estendido até as 22 horas em Uberaba desde quarta-feira (16). As outras três unidades com funcionamento noturno são a UMS Professor Aluízio Prata, no Elza Amuí, a UMS Nossa Senhora da Abadia, no bairro Abadia, e UBS Valdemar Hial Júnior, no Fabrício, que iniciaram os atendimentos nos dias 18, 19 e 23 de setembro, respectivamente.

Já no primeiro dia de atividades, a UMS Álvaro Guaritá realizou 15 atendimentos de enfermagem, 15 atendimentos médicos, um atendimento odontológico e cinco vacinações, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde. Desde a implantação da primeira unidade com atendimento noturno até a quinta-feira, dia 17 de setembro, no entanto, já são 3.166 procedimentos realizados. Nesse período, nas quatro unidades foram realizadas 1.306 atendimentos de enfermagem, 963 atendimentos médicos, 460 atendimentos odontológicos, 404 aplicações de vacinas, 33 medicações e 5 retiradas de ponto cirúrgico, segundo a SMS.

O Secretário de Saúde, Iraci de Souza Neto, destacou o sucesso em atender o planejamento da primeira etapa e a expectativa com a implantação de quatro unidades em atendimento noturno, dentro do Programa Saúde na Hora. “São 30 dias, com as quatro unidades funcionando, a última no Valim de Mello essa semana, ainda com poucos atendimentos, por ter poucos dias, mas com a mesma expectativa das outras, por ser uma região de muita necessidade de acesso a assistência básica, onde a população tem uma grande procura após o horário comercial nas UPAs”, destaca Iraci.

O secretário enfatiza que um dos motivos da escolha da UMS Álvaro Guaritá foi à identificação, por parte da SMS, que as famílias daquela região buscavam muito as UPAs tanto para atendimento pediátrico quanto adulto, no horário noturno. “Temos tido uma média de atendimentos de quase 100 atendimentos/dia nos diversos procedimentos de atenção básica, seja na sala de vacinas, atendimento médico, atendimento odontológico e de enfermagem, promoção e prevenção de saúde o acolhimento dos usuários, lembrando a implantação gradativa das unidades. Cumprida essa primeira etapa, agora a expectativa e planejamento é para entregar até o final do ano mais quatro unidades dentro do Programa de Saúde na Hora. A programação de quais serão as unidades e o cronograma de abertura deve ser apresentada em breve”, relatou Iraci.

Publicidade