Vencedor do 1º Festival de Declamação de Poesias da rede municipal recitou poema de Elias José

 

A Secretaria de Educação de Uberaba/Departamento de Arte e Cultura encerrou na tarde de hoje o 1º Festival de Declamação De Poesias – Travessia Poética, que teve como objetivo desenvolver a arte de declamar poesias, envolvendo alunos da rede, de 11 a 15 anos e dando ênfase à valorização dos autores brasileiros, como Clarice Lispector, Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade.

Vestido com um pijama, o grande vencedor da tarde foi Filipe Nascimento Moreira, da Escola Municipal Professora Niza Guaritá, com o poema “O medo do menino”, de Elias José. O segundo lugar ficou com Marcela Sousa de Jesus, da Escola Municipal Frei Eugênio, com a poesia “José”, de Carlos Drummond de Andrade. O terceiro lugar ficou com Andressa Rosa de Freitas, da Escola Municipal Celina Soares de Paiva, com a poesia “Se ame e seja amor”, de Braulio Bessa.

Paulo Piau, prefeito de Uberaba prestigiou o evento literário se manifestando a favor da importância de elevar a autoestima e o valor cultural dos jovens, por meio das poesias e das interpretações. “Precisamos acreditar no futuro do nosso país, com o respeito à família, o respeito à todos. Vemos que é possível a partir de momentos como esse, de valorização da cidadania e do acesso ao conhecimento”, enfatiza.

A Secretária de Educação, Silvana Elias considera que o mundo precisa de gente que lê. “Quando vejo homens declamando, sinto que eles se tornam mais homens, diante da sensibilidade. Isso é um ganho, uma conquista. Estamos precisando de mais homens e mulheres politizados, críticos, que leiam mais”, completa.

Para Edilene Leal, organizadora do evento, o que mais chamou a atenção no festival foi a mobilização das escolas, com a participação de mais de 500 alunos, sendo 28 finalistas. “Foi emocionante saber que houve participação de outros alunos da rede nas seletivas nas escolas. Isso significa que eles estão lendo e se seduzindo pelas poesias de grandes escritores brasileiros e, principalmente, aumentando o índice de leitura.

O evento foi organizado pelas professoras Ana Paula da Silva Santos, Darci Bosco e Maria Edilene Ferreira Leal, da seção de Bibliotecas Escolares da Semed, incentivando as relações entre a leitura, a poesia e as características histórico-culturais.

A Comissão Julgadora avaliou os candidatos, por meio de ficha de registro, conforme critérios observados quanto à seleção do poema, entonação de voz, expressão corporal e postura no palco, originalidade/criatividade, além do respeito ao tempo máximo de apresentação de três minutos por participante.

Publicidade

Anuncie