Vacinação contra HPV começa nesta segunda -feira

 
 

Vacinação contra HPV começa nesta segunda-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inicia a Campanha de Vacinação contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV) às 8h desta segunda-feira (10), na Escola Municipal Adolfo Bezerra de Menezes, na Rua Patos, Nº 391, no Bairro Abadia. O público alvo são todas as meninas de 11, 12 e 13 anos das escolas municipais, estaduais e particulares. A campanha segue até o dia 10 de abril, lembrando que a vacinação será feita de forma nominal, ou seja, não poderá ser destinada a outra estudante e será necessária a autorização dos pais, por escrito.

As meninas receberão três doses, sendo a primeira nesse mês de março, a segunda dose será aplicada daqui a seis meses, ou seja, em setembro e a terceira e última dose, daqui a cinco anos, em 2019.

De acordo com o secretário da SMS, Fahim Sawan, quatro escolas estão pré-agendadas para receberem a equipe de vacinação nesta segunda-feira. A previsão é a de que seis mil meninas sejam contempladas com a vacina nesse primeiro ano de campanha. “Essa é uma vacina extremamente importante e com ela conseguiremos ter uma geração de crianças que não vão ter mais câncer de colo de útero”, destacou. O objetivo é que em 2015 as meninas entre 9 e 11 anos recebam a vacina contra HPV e em 2016, apenas as de 9 anos.

Sawan enfatizou que a vacinação é preferencial nas escolas, mas caso alguém perca por algum motivo, poderá remarcá-la nas Unidades Matriciais de Saúde (UMS’s), pelo telefone 3322-7822. São elas: UMS Álvaro Guaritá situada no Bairro Valim de Melo; Nossa Senhora da Abadia que fica no Bairro Abadia; Maria Tereza no Bairro de Lourdes; Nídia M. Veludo localizada no Bairro Mercês; Luiz Meneghello no Volta Grande; George Chiree Jardim que fica no Bairro Alfredo Freire; UMS Prof. Aluízio Prata situada no Bairro Elza Amuí; Ézio de Martino no Boa Vista e Valdemar Hial Jr. localizada no Bairro Tancredo Neves.

Os documentos necessários para receber a dose são: cartão de vacina, documento (se possível com foto) e termo de autorização assinado pelo responsável legal (fornecido pela escola).

O vírus do HPV é o principal causador do câncer do colo de útero, que é o segundo mais incidente entre as mulheres, atrás apenas do câncer de mama. Segundo levantamento feito pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica, todos os anos morrem, em média, 15 mulheres por causa do câncer do colo de útero em Uberaba.

A distribuição de vacinas contra o HPV de forma gratuita foi um projeto do secretário Fahim Sawan quando deputado estadual e do também deputado Carlos Mosconi, na época juntos na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Com o projeto em vigor pelo Ministério da Saúde a partir deste ano, as famílias não vão precisar gastar tanto dinheiro para a prevenção, já que cada dose da vacina pode variar entre R$ 250 e R$ 300.

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inicia a Campanha de Vacinação contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV) às 8h desta segunda-feira (10), na Escola Municipal Adolfo Bezerra de Menezes, na Rua Patos, Nº 391, no Bairro Abadia. O público alvo são todas as meninas de 11, 12 e 13 anos das escolas municipais, estaduais e particulares. A campanha segue até o dia 10 de abril, lembrando que a vacinação será feita de forma nominal, ou seja, não poderá ser destinada a outra estudante e será necessária a autorização dos pais, por escrito.

As meninas receberão três doses, sendo a primeira nesse mês de março, a segunda dose será aplicada daqui a seis meses, ou seja, em setembro e a terceira e última dose, daqui a cinco anos, em 2019.

De acordo com o secretário da SMS, Fahim Sawan, quatro escolas estão pré-agendadas para receberem a equipe de vacinação nesta segunda-feira. A previsão é a de que seis mil meninas sejam contempladas com a vacina nesse primeiro ano de campanha. “Essa é uma vacina extremamente importante e com ela conseguiremos ter uma geração de crianças que não vão ter mais câncer de colo de útero”, destacou. O objetivo é que em 2015 as meninas entre 9 e 11 anos recebam a vacina contra HPV e em 2016, apenas as de 9 anos.

Sawan enfatizou que a vacinação é preferencial nas escolas, mas caso alguém perca por algum motivo, poderá remarcá-la nas Unidades Matriciais de Saúde (UMS’s), pelo telefone 3322-7822. São elas: UMS Álvaro Guaritá situada no Bairro Valim de Melo; Nossa Senhora da Abadia que fica no Bairro Abadia; Maria Tereza no Bairro de Lourdes; Nídia M. Veludo localizada no Bairro Mercês; Luiz Meneghello no Volta Grande; George Chiree Jardim que fica no Bairro Alfredo Freire; UMS Prof. Aluízio Prata situada no Bairro Elza Amuí; Ézio de Martino no Boa Vista e Valdemar Hial Jr. localizada no Bairro Tancredo Neves.

Os documentos necessários para receber a dose são: cartão de vacina, documento (se possível com foto) e termo de autorização assinado pelo responsável legal (fornecido pela escola).

O vírus do HPV é o principal causador do câncer do colo de útero, que é o segundo mais incidente entre as mulheres, atrás apenas do câncer de mama. Segundo levantamento feito pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica, todos os anos morrem, em média, 15 mulheres por causa do câncer do colo de útero em Uberaba.

A distribuição de vacinas contra o HPV de forma gratuita foi um projeto do secretário Fahim Sawan quando deputado estadual e do também deputado Carlos Mosconi, na época juntos na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Com o projeto em vigor pelo Ministério da Saúde a partir deste ano, as famílias não vão precisar gastar tanto dinheiro para a prevenção, já que cada dose da vacina pode variar entre R$ 250 e R$ 300.

Publicidade