Uberaba recebe verba do estado para contratação de médicos para as UPAS

O Governo de Minas Gerais liberou hoje (8), para o município de Uberaba a quantia de R$200 mil que será aplicado nos atendimentos médicos das Unidades de Pronto Atendimento (UPAS). Além de Uberaba, outros 31 municípios foram contemplados com o objetivo de contribuir para as ações de enfretamento contra a doença.
 
A verba, anunciada pelo secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, na última semana, foi depositada para a Prefeitura de Uberaba nesta quarta-feira. O montante foi autorizado por meio de uma resolução que disponibilizou o repasse financeiro para complementar as ações de assistência à saúde, vigilância e controle das arboviroses urbanas transmitidas pelo Aedes aegypti - Dengue, Zika e Chikungunya.
 
O incentivo financeiro será pago em parcela única e, Uberaba faz jus ao recebimento do valor por ser direcionado aos municípios com população entre 100.001 e 400.000 habitantes.
 
A Secretaria Municipal de Saúde através das Diretorias de Atenção e Vigilância em Saúde resolveram investir no aumento do número de médicos nas Unidades de Pronto Atendimento - UPA Mirante e UPA São Benedito, considerando a alta demanda e número de casos suspeitos de dengue registrados ainda neste mês de maio, chegando a aumentar os atendimentos em até 30%.
 
A contratação será válida para os próximos 90 dias, como explica o secretário de Saúde, Iraci Neto. Segundo ele, os médicos contratos estarão disponíveis, a partir desta quinta-feira (9), das 13 horas até a 1 da manhã (plantão de 12 horas) nas duas UPAs – Mirante e São Benedito.
 
“Com o aumento no número de atendimentos nas unidades de saúde, foi determinado por meio do grupo de enfretamento da dengue da SMS, que a melhor saída seria a contratação de mais profissionais que atuarão na chama área verde das UPAS”, explica.
 
Por se tratar de uma verba finita, ou seja, com limite de gastos, a contratação dos profissionais segue até agosto e o objetivo, enquanto isso é reduzir ao mínimo o número de casos da doença na cidade. A contratação será realizada pela FUNEPU responsável pela administração das unidades de pronto atendimento.

Publicidade

Anuncie