Stiquifar e Sticmu se reúnem em prol dos trabalhadores da Conenge, terceirizada da Mosaic P & K

Conenge demite sem pagar verbas rescisórias

 

A Conenge, terceirizada da Mosaic P & K continua não respeitando o trabalhador.  A insegurança dos empregados só aumenta, já que vários foram demitidos sem receber suas verbas rescisórias devido ao descaso e desrespeito tanto da Conenge, quanto da Mosaic que contratou uma empresa que não valoriza a relação capital x trabalho. Não há como precisar dados sobre o fato, já que os trabalhadores não são da base.

Diante ao fato, o Stiquifar – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicos e Farmacêuticos de Uberaba e Região e o Sticmu – Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas das Industrias da Construção Civil e do Mobiliário de Uberaba se uniram para apoiar esses trabalhadores que em sua grande maioria estão distantes de casa, desamparados e o sindicato que deveria representa-los tem sede em Belo Horizonte.

A presidente do Stiquifar Graça Carriconde, julgou tal ato como irresponsável. “Nos sentimos responsáveis, pois os sindicatos ainda são as únicas instituições focadas em proteger o trabalhador da escravização. A Mosaic também deve ser responsabilizada já que é a contratante de uma empresa que não cumpri com suas obrigações legais diante a classe. Nós nos sentimos responsáveis por eles, ao contrário de quem contratou. Não vamos compactuar com esse tipo de ação onde querem crucificar o trabalhador fazendo que ele pague as contas de uma reestruturação que visa apenas o lucro de empresa. A Conenge está lavando as mãos quando alega motivos alheios a realidade, o que não a deixa livre de suas responsabilidades”.

Já o presidente do Sticmu, José Lacerda Sobrinho alegou que é necessário neste momento a criação de mecanismo para o cumprimento da lei. “Nos enquanto sindicato, somos representantes dos trabalhadores e nos colocamos a disposição. Daremos suporte, pois acreditamos que esses trabalhadores estão muito inseguros”. 

As duas instituições se colocaram a disposição “dos trabalhadores de forma irrestrita, caso entendam que possamos auxiliá-los mesmo que indiretamente,” terminou Graça.

 

Publicidade

Anuncie