SMS altera esquema vacinal da VOP por redução de doses pelo Estado

A medida visa a otimizar as aplicações da vacina, garantindo a aplicação de todo o conteúdo do frasco, visto que o mesmo permite vacinar 25 crianças
 
A partir desta quarta-feira (24), a Secretaria Municipal de Saúde altera o esquema vacinal básico da VOP - Vacina Oral para Poliomelite. A estratégia partiu depois de reunião realizada pela SMS com a presença da equipe da Atenção Básica de Saúde e Vigilância em Saúde, visto as poucas doses enviadas pelo governo do Estado.

Conforme o diretor de Vigilância em Saúde, Robert Boaventura, a proposta é otimizar as dosagens mantendo o atendimento a comunidade, visto que um frasco da vacina, permite 25 aplicações e assim evitar perdas.

Entre os dias 24, 25 e 26 as doses serão distribuídas nas Unidades Matriciais de Saúde (Abadia, Roberto Árabe e Maria Tereza), no Centro de Saúde Professor Eurico Vilela, na Unidade da Saúde da Família no Residencial 2000 e também no Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher (Caism). Já na Zona Rural, a vacinação contra a Poliomelite acontecerá toda quinta e sexta-feira nas seguintes comunidades rurais: Borgico, Calcário, Santa Rosa, Santa Fé, Serrinha, Ponte Alta, São Basílio, Peirópolis, Capelinha e Baixa.
Novo cronograma - A partir da próxima segunda-feira (29), a SMS atenderá a VOP - Vacina Oral para Poliomelite. O atendimento será de segunda a sexta-feira das 8 às 16 horas.

Confira as unidades que ofertará as vacinas: 
- UMS Álvaro Guarita;
- UMS Maria Teresa;
- UMS Aluísio Prata;
- UMS Roberto Árabe;
- UMS George Chiree;
- UMS Abadia;
- UMS Ézio de Martino;
- UMS Valdemar Hial;
- UMS Luiz Meneghelo
- Eurico Vilela;
- USF Residencial 2000;
- Caism;
- USF Romes Cecílio;
- USF Maracanã;
- UBS Juca Inácio

Publicidade

Anuncie