Sedec destaca potencial do setor de Turismo em café da manhã com representantes do segmento

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo promoveu na manhã desta quarta-feira (11), um café da manhã no restaurante Ser Tão Mineiro com o objetivo de mobilizar toda a cadeia econômica relacionada ao Turismo, para apresentar informações sobre o Inventário de Oferta Turística e sobre o desempenho do turismo em Uberaba.

O evento, realizado junto ao Conselho Municipal de Turismo de Uberaba (Comtur), Associação dos Municípios de Interesse Turístico da Alta Mogiana (Amitam) e Convention Bureau, contou com a presença do prefeito Paulo Piau e da primeira-dama, Heloísa Piau, o vice-prefeito João Gilberto Ripposati, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, José Renato Gomes, além de secretários, vereadores, empresários e representantes do setor turístico, sindicatos, entidades de classe e imprensa local.

O prefeito Paulo Piau enfatizou que quem não está presente no Inventário fica fora do mapa turístico brasileiro, e consequentemente não será visto pelas agências de turismo. “Precisamos que a comunidade de Uberaba acredite que o município é uma cidade turística como poucas no Brasil. E com isso podemos empreender, receber investimentos, fazer a economia girar e fazer disso uma atividade econômica cada vez mais significativa. A Prefeitura tem uma participação importante de estar junto. O inventário precisa do apoio e da parceria dos empresários para alcançarmos o sucesso”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, José Renato Gomes destacou que o Inventário é uma nova vida do turismo de Uberaba. “O turismo é um gerador de empregos, uma atividade que gera receita para o município. Por isso este estudo é importante para mudar o cenário e dar novas perspectivas de desenvolvimento do turismo em Uberaba”. Ele ressaltou que a importância de encontros como este, além de discutir o inventário, é possibilitar a união das pessoas do segmento. “O poder público tem o papel de aglutinar essas pessoas, mas nós somos apenas uma peça. Quem vai promover o turismo são as pessoas que estão aqui, que tem serviços a oferecer e ideias a propor.”

Na ocasião, os presentes no café da manhã receberam todos os esclarecimentos sobre o Inventário da Oferta Turística – Invtur, seus objetivos e a importância da ação. A secretária adjunta de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Anne Roy Nóbrega, explicou que Uberaba tem tesouros turísticos extraordinários. Além do turismo religioso, do agronegócio e paleontológico, a cidade se movimenta com trilhas de bike, cachoeiras, corridas de rua, mergulho, pesca esportiva, cavalgadas, bares e restaurantes, eventos esportivos e culturais, entre outras atividades potenciais.

Segundo ela, haverá uma força tarefa para o preenchimento e coleta das informações. “Quanto mais detalhamento nós obtivermos, melhor nossa nota e melhor nosso inventário. Isso também vai facilitar todo o trabalho posterior de diagnóstico e de ações, que só poderão ser realizadas se as informações forem sólidas para fornecer o conhecimento necessário”, pontua Anne.

O vice-prefeito, João Gilberto Ripposati, avaliou que o Inventário será importante para traçar novas metas, esclarecendo que também está em busca do fomento à produção da fruticultura, piscicultura e de plantas medicinais. “Este inventário vai permitir visualizar e identificar nossos potenciais. O turismo fortalece a economia dos municípios e o caminho é o planejamento e organização para as ações. Com certeza o turismo de Uberaba vai brilhar ainda mais, no contexto de Minas e do Brasil”.

Um dos empresários presentes foi Marciano Chaves, da Paijo Surf Adventure, que trabalha com o turismo de aventura e esportes radicais. Segundo ele, nos finais de semana Uberaba envolve mais de 100 pessoas no turismo de aventuras, apenas nos esportes verticais. Quando se fala em atividades como mergulho, pedaladas e mountain bike, por exemplo, são milhares de pessoas envolvidas no turismo e no lazer.

“Uberaba tem história dentro do mundo da aventura. O primeiro curso de esportes verticais por um órgão federal foi feito em Uberaba em 2001. E com essa beleza natural, aqui surgiram atividades fascinantes como o Space Nat, criado em 2015, que é um filtro dos sonhos aéreo onde as pessoas caminham até ele para curtir a paisagem em uma rede aérea. Então o mundo radical em Uberaba já existe e é forte. Aqui tem atividades de aventura que não tem em outros lugares do Brasil”, destacou o empresário.

Publicidade