“Regional em Ação” convida população para ações de saúde gratuitas neste sábado

Em comemoração ao primeiro ano de funcionamento do Hospital Regional José Alencar, reforçando a importância do atendimento oferecido para a saúde de Uberaba e região, a Prefeitura de Uberaba promove neste sábado (15) o “Regional em Ação”, que oferecerá diversas atividades gratuitas de saúde para a população no estacionamento do HR.

Entre 8h e 12h, o Regional em Ação promete um momento festivo aberto a toda a comunidade, com ações de saúde, como aferir pressão arterial, medir glicemia capilar, informações do Serviço Social, calculo IMC com técnicas de nutrição, entre outros serviços voltados a saúde.

Também haverá apresentação musical com o Coral "Encanto Regional" e com o cantor Junior de Oliveira, além de atividades recreativas, pipoca, algodão doce e refrigerante. O estacionamento tem entrada pela Rua Edelweiss Teixeira.

Sexta com palestra. Além do evento de integração com a comunidade, o Hospital Regional também promove palestra de análise do primeiro ano de gestão nesta sexta-feira, dia 14. O encontro será às 14h no Anfiteatro do Hospital, e será um momento voltado para os municípios. “A análise de 1 ano de gestão terá apresentação das ações desenvolvidas neste um ano de funcionamento, dados estatísticos dos serviços realizados e apresentação do Planejamento Estratégico para os próximos anos”, comentou o secretário de Saúde, Iraci Neto.

Desempenho. Com 60 leitos disponíveis, UTI e blocos cirúrgicos completos, o Hospital Regional atende casos de média complexidade de especialidades médicas e cirúrgicas, com ênfase na ortopedia.

Segundo os dados contabilizados até o mês de julho, o Hospital Regional já computa mais de 1.600 internações, sendo 1.105 na Clínica Médica, 292 na Clínica Cirúrgica e 203 na UTI adulto. Já foram realizadas 558 cirurgias em nove especialidades, destacando 349 em Ortopedia/Traumatologia, 141 Urológicas e 40 em Cirurgia Geral. As consultas beneficiaram, até julho, 2.920 pacientes. Ortopedia/Traumatologia lideram o atendimento com 2.422 consultas, além de 176 em Urologia, 170 em Hematologia e 104 em Clínica Geral.

O Hospital atua em sistema “porta-fechada”, ou seja, os pacientes devem ser direcionados para lá pela regulação do Estado, por meio do SUS Fácil. Isso quer dizer que o cidadão não é atendido se for direto ao hospital; primeiro, é necessário procurar as Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) – São Benedito ou Mirante. Dependendo do diagnóstico será regulado para os hospitais de Clínicas, Mário Palmério, ou Regional.

Publicidade

Anuncie