Projeto apresentado por vereador consegue utilidade pública para Educandário Espírita

Um Projeto de Lei de autoria do vereador Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSD), aprovado durante a primeira reunião do mês de março, nesta segunda-feira (12), aprovou a declaração de utilidade pública para o Educandário Espírita Estrada de Damasco. A organização religiosa, fundada em 11 de janeiro de 2004, tem como finalidade social a assistência social inteiramente gratuita a crianças, jovens, pais e mães da comunidade sem distinção de raça, cor, nacionalidade, condição social, política ou religiosa.

“Marão” explicou que a entidade atende cerca de 1.800 pessoas semanalmente. O vice-presidente da entidade, Maurício Ferreira, disse que o educandário busca, através de uma doutrinação cristã, atender pessoas socialmente vulneráveis. Para ele, é fundamental que entidades como o Estrada de Damasco trabalhem no foco do problema, que é a questão social.

Maurício disse, ainda, concordar que não se combate a violência apenas com polícia, mas sim com um aparato. “Tenho a certeza de que o poder público e o terceiro setor juntos poderão desenvolver um excelente trabalho”, concluiu o vice-presidente do educandário.

 

 

Publicidade

Anuncie