Prefeitura assina contrato de R$29 milhões com o Banco do Brasil

O crédito faz parte dos financiamentos anunciados pelo Poder Executivo e aprovado pela Câmara Municipal

Assinado na última sexta-feira (12) o contrato da operação de crédito junto ao Banco do Brasil no valor de 29 milhões destinado ao Programa de Eficiência Municipal nas áreas de Infraestrutura Urbana e Modernização de Gestão. A ação faz parte do Plano 200 anunciado recentemente pelo prefeito Paulo Piau e que atenderá inúmeras ações e obras que seguem por toda a cidade. 

O ato foi acompanhado pelos vereadores Agnaldo Silva, Fernando Mendes, Cleomar Barberinho, além do vice-prefeito João Gilberto Ripposati, da primeira-dama, Heloísa Piau, de secretários municipais e assessores do Executivo. 

De acordo com a assessora municipal de  Captação e Parcerias Angela Dib, responsável pela elaboração do projeto aprovado pelo Legislativo que autorizou a Prefeitura a contratação do crédito junto ao Banco do Brasil S.A., esse é o segundo contrato junto a instituição financeira e totalizou os R$49 milhões já previstos a serem aplicados pela gestão municipal. “Serão destinados 22 milhões de reais para obras de recapeamento de vias e microdrenagens e R$ 7 milhões direcionados para a construção do complexo do centro de inovação do parque tecnológico. Assim fechamos com êxito todos os contratos de financiamentos que pleiteamos. Junto ao Banco do Brasil, somam-se o total de 49 milhões, sendo que 20 milhões de reais já haviam sido assinados em outra oportunidade", explica Angela.

Piau falou aos presentes sobre a importância da assinatura do contrato que efetiva a liberação dos recursos, haja vista, que os Governos Federais e Estaduais não tem repassado verbas que sejam suficientes para atender as demandas existentes nos municípios. Tanto é que ele mencionou que a modalidade de crédito junto aos órgãos financiadores, como o Banco do Brasil, vem sendo uma realidade e que o ato não é uma exclusividade de Uberaba, mas sim, de muitas cidades do Triângulo. 

“Uberaba tem uma capacidade de pagamento (rating) classificado em B de acordo com  a Secretaria do Tesouro Nacional. Isso significa que o Município tem bom poder de pagamento de crédito e tem uma saúde financeira estável. Todo o processo foi muito pensado e adquirimos uma parte do que nos era possível, sem nenhum embaraço. Esse montante permitirá a realização de muitas ações em Uberaba rumo aos 200 anos”, destaca Piau. 

Ele falou ainda que as ações contribuirão inclusive para o desenvolvimento da cidade, com a geração de novos postos de emprego, em virtude da realização das obras previstas e muitas já em andamento. 

O secretário de Governo e vereador licenciado, Luiz Humberto Dutra, falou sobre a efetivação do contrato assinado e que todo o processo foi amplamente apresentado e aprovado pelo Legislativo. “A aprovação do Projeto de Lei foi dada quando eu estava à frente da Câmara, como presidente e hoje, estou como secretário e posso afirmar que todo o processo está sendo administrado de forma séria e responsável para atender aos anseios da população”, declarou. 

Para o vice-prefeito, João Gilberto Ripposati, a gestão pública municipal cumpre sua missão que é agir para atender as demandas existentes e as necessidades da população. 

Todo o valor será usado em obras de infraestrutura como canalização de córregos, drenagem, recapeamento e reestruturação asfáltica de importantes vias entre essas a Avenida Nossa Senhora do Desterro (em andamento) e a Avenida Leopoldino de Oliveira – que segue em fase de início das obras.  

O prefeito destacou também que desde o anúncio do pacote de obras seguindo para o início do Plano 200 algumas ações foram inseridas, como a construção de escolas da rede municipal atendendo aos moradores do Residencial Rio de Janeiro e Marajó. 

Publicidade

Anuncie