PMU realiza último LIRAa de 2017

Os agentes da Zoonoses farão a vistoria de 16 a 20 de outubro

Prefeitura Municipal de Uberaba, por meio do Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias da Secretaria de Saúde, começa na segunda-feira (16) o Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) de outubro de 2017. Cerca de 140 agentes de combate a endemias (ACEs) estarão envolvidos na vistoria de 7.360 imóveis em 5.441 quarteirões de Uberaba, até a sexta-feira (20).

Lara Rocha Batista, chefe do Departamento de Controle de Endemias e Zoonoses, explica que os agentes percorrerão a cidade, não necessariamente nos bairros que costumam visitar, por isso reforça quanto à importância da população em colaborar com os agentes e orienta para casos de dúvidas. “Todos os agentes estarão com uniforme e bolsa amarela com a logomarca da PMU e crachá, mas se mesmo assim a população tiver dúvidas sobre a identidade do agente, pode pedir o nome dele e ligar para o departamento, no 3317-4660, e confirmar”, ressalta Lara.

O LIRAa é uma metodologia de trabalho que ajuda a mapear os locais com altos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti  e identificar os criadouros predominantes. Isso ajuda a verificar a situação de infestação do município, além de permitir o direcionamento das ações de controle para as áreas mais críticas, como mutirões, vistorias mais detalhadas, entre outras medidas.

Para a realização do LIRAa, o município é dividido em estratos, cada um contendo de 9 a 12 mil imóveis.  Em Uberaba, são 14 estratos. Os quarteirões são selecionados por um programa de computador, o qual indica quantos e quais os quarteirões a serem trabalhados. Em cada quarteirão, são pesquisados um a cada cinco imóveis.

Os estratos com índices de infestação predial inferiores a 1%, não apresentam risco. Já aqueles com índice de infestação entre 1% e 3,9% são considerados em situação de alerta. Considera-se o risco de surto de dengue quando o índice de infestação é maior que 4% dos imóveis pesquisados. Em outubro de 2016, o índice de infestação do município foi de 1,6%.

Publicidade