Piau e Ripposati recebem produtora de queijo que participará de concurso na França

Depois de conquistar 50 medalhas no 4º concurso "Mondial du Fromage et des Produits Laitiers", realizado entre os dias 2 e 4 de junho na cidade de Tours, na França, produtoras de queijo da região se organizam para realizar o 1º Concurso Mundial do Queijo do Brasil. O evento será realizado em Araxá, mas tem o envolvimento de toda a região. 
 
Nesta terça-feira (11), o prefeito Paulo Piau e seu vice, João Gilberto Ripposati receberam a produtora de queijo de Sacramento, Marly Leite, uma das organizadoras do evento do Brasil, para conhecerem o concurso de renome internacional e que agora ganha espaço do Triângulo Mineiro. 
 
Ela conta que o êxito foi possível após a participação de queijeiras e queijeiros no concurso mundial realizado em 2017, na França. “Nosso queijo foi eleito um dos melhores do mundo e por isso trouxemos medalha de ouro da categoria. Esse seria o pontapé para que pudéssemos expandir e trazer o concurso para o Brasil”, diz. 
 
Marly acrescenta que muitas inscrições de outros países já foram confirmadas e que o envolvimento dos queijeiros da região fortalecerá o setor, que vem da agricultura familiar. 
 
O prefeito Paulo Piau destacou a importância do setor e que o concurso valorizará a região tornando-a referencia na produção de queijos, assim como outras regiões do estado.  “Enquanto deputado estadual e federal participei de aprovações que beneficiou o setor produtivo de queijo no estado e no País. Hoje, esses mesmos produtos que foi alvo, hoje são reconhecidos mundialmente”, destaca o prefeito que manifestou que é preciso colaborar para a realização do evento e que fará o possível para integrar esforços junto com os outros gestores que integram a Amvale no qual Piau é presidente. 
 
Ripposati destacou a importância da agricultura familiar que oportuniza, agrega e valoriza o empreendedorismo. “Este evento tem projeção internacional e valorizará o produto da região. Daí a grande oportunidade”.
 
Ele enfatiza ainda sobre a oportunidade de novos negócios para a região, dando maior enfoque na geração de renda para os empreendedores.
 
“Precisamos valorizar a nossa região e ampliar o mercado para grandes negócios. A demanda chegou às minhas mãos e fiz questão de compartilhar com o prefeito que exerce uma liderança junto a associação dos municípios. A visão de Uberaba hoje é tem foco regional. Acredito que cada município, dentro da sua liderança, poderá interagir para tornar esse importante evento uma realidade que será um marco histórico para ampliação do mercado produtor de queijos”, diz o vice-prefeito. 
 
Inscrições – As inscrições podem ser feitas pelo site www.mundialdoqueijonobrasil.com. Entre os requisitos está ser produtor de queijo tanto industrial quanto artesanal, sendo duas categorias participantes. Os inscritos poderão participar com até cinco produtos lácteos como queijo, manteiga, requeijão, dentre outros. O valor é de R$145,00.

Publicidade

Anuncie