Oficina de grafite é oferecida para jovens do CRIA

Atividade é uma parceria com a Superintendência de Políticas da Juventude

Centro de Referência da Infância e Adolescência (CRIA) e Superintendência de Políticas da Juventude oferecem oficina de grafite para jovens que são atendidos na unidade. A oficina acontece nas quartas e quintas, no período da tarde, e é ministrada pelo grafiteiro e arte-educador Clayton Tomaz da Costa, com o acompanhamento de uma terapeuta ocupacional e apoio de uma psicóloga.

Rochelle Bazaga, superintendente de Políticas da Juventude, explica que a parceria para a atividade surgiu após ação da Campanha do Laço Branco pelo Dia Internacional de Erradicação da Violência Contra a Mulher, promovida em novembro de 2017. “Tivemos um projeto no CRIA, com uma oficina e observamos que havia uma demanda por um espaço para trabalhar a questão da expressão artística com esses jovens, por meio do desenho e do grafite”, esclarece Rochelle.

A gerente do CRIA, Marília Cecílio Resende, destaca que o objetivo da oficina é incentivar o potencial de trabalho e a auto-estima dessas crianças e adolescentes. “Nosso trabalho é voltado pra re-socialização, para que eles possam se sentir inseridos na sociedade e tenham uma atividade que pensem ‘eu consigo fazer, eu posso fazer’”, conta Marília. Atualmente, a oficina está trabalhando a parte teórica e de ambientação com o material.

O CRIA é o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Infantil de Uberaba e atende crianças e adolescentes de três a menores de 18 anos portadores de psicose, neuroses graves, autismo e outros transtornos mentais. A unidade fica na Rua Vigário Silva, 412, no centro da cidade.

Publicidade