Ministro da Saúde libera recursos para laboratório fitoterápico, ampliação da saúde mental e castramóvel

Foto: Andre Santos/PMU

Ricardo Barros confirmou a liberação dos recursos durante sua visita a Uberaba

 

A rede municipal de saúde de Uberaba recebeu, nesta sexta-feira (09), a confirmação de recursos do governo federal, durante a visita do ministro da Saúde Ricardo Barros. Os aportes financeiros são para a construção de laboratório fitoterápico, solicitação do vice-prefeito João Gilberto Ripposati, também para a conclusão da obra do CAPS AD lll em atendimento à saúde mental, além de castramóvel, atendendo a uma solicitação do presidente da Câmara Municipal, Luiz Humberto Dutra.

 

O prefeito Paulo Piau, os deputados federais Marcos Montes, Aelton Freitas e Caio Narcio, além do secretário de Saúde Iraci Neto, presidente da Câmara Municipal Luiz Humberto Dutra, e demais vereadores, autoridades da área de saúde, entre eles, os reitores Marcelo Palmério e Ana Lúcia, da Uniube e UFTM respectivamente, prefeitos e representantes dos municípios de Iturama, Delta, Itapagipe, Monte Carmelo, Ituiutaba, Pirajuba, Conceição das Alagoas, Veríssimo, Pratinha, Carneirinho, Perdizes, Araxá, Campo Florido, Pedrinópolis, Tapira e Santa Juliana, visitaram as instalações do Hospital Regional José Alencar.

 

Na segunda agenda, a visita foi às instalações do novo Núcleo da Mulher e do Hospital Dr. Hélio Angotti, estrutura que integra a Rede de Hospitais do Câncer do Triângulo (HCT) lançada oficialmente pelo ministro, visto que pelo projeto o Hospital Dr. Hélio Angotti será a principal unidade do sistema. Outras duas unidades de tratamento oncológico serão criadas em Araxá e Iturama para completar a rede, investimento de R$ 5 milhões para aquisição de um acelerador linear, equipamento para radioterapia.

 

Ricardo Barros falou da importância de uma gestão eficiente na rede pública de saúde. “Já economizamos mais de R$4 bilhões e isso demonstra que de fato há espaço para a economia. A informatização de todas as unidades de saúde, a descentralização dos recursos, dando autonomia para os prefeitos, e em especial a nova política de atenção básica e de autonomia ao agente comunitário, farão com que com os mesmos recursos que possuímos, tenhamos uma produza com mais resultado. Esse é o desafio, ou seja, utilizar melhor os recursos que temos”, afirma Barros.

 

“Já estou autorizando os recursos para o laboratório de fitoterapia, pois é algo fundamental, porque é prevenção de saúde com tratamentos naturais. Bem como estou autorizando os recursos para o CAPS saúde mental, e aqui no Hospital Dr. Hélio Angotti, lançando a rede do câncer da região do Triângulo que vai agregar vários serviços”, complementa.

 

Uma das demandas solicitadas ao ministro foi recurso para o Hospital Regional José Alencar, a fim de ampliar o atendimento. Ricardo Barros solicitou que todos os entes envolvidos no HR, apresentem o modelo de sustentabilidade da expansão, comprovando a operação para a liberação do recurso de 8 milhões de equipamentos necessários para nova etapa do funcionamento do hospital.

 

Para o prefeito Paulo Piau a visita do ministro foi positiva, diante da liberação de recursos, e anúncio de programas para o tratamento de câncer. “A visita deixará um saldo positivo, Uberaba tem referência em saúde, e, portanto com duas universidades na área da saúde podemos sonhar alto e ter Uberaba como um dos principais centros de medicina do país”.

 

“São investimentos importantíssimos, pois a Atenção Básica tem que ser contemplada para termos equilíbrio. A reivindicação que veio do nosso vice-prefeito João Gilberto Ripposati para colocar essa inovação na rede de fármacos, para termos o fitoterápico para a população foi acertiva. Quanto ao CAPS, nós temos três obras vinculadas ao fortalecimento da saúde mental, e aguardamos o pagamento do ministério para inaugurar o CAPS AD depois do carnaval, então é mais uma obra, focada na saúde mental, atendendo usuários de álcool e droga. A nossa gestão hoje da saúde no município de Uberaba tem as palavras, equilíbrio e assistência com resolutividade e qualidade”, finaliza o secretário de Saúde, Iraci Neto.

Publicidade

Anuncie