HC-UFTM adquire mais de 1,7 mil órteses e materiais de reabilitação

Foto: Unidade de Comunicação HC-UFTM: Paciente tira medidas para confecção de palmilha. 

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro licitou R$ 1,1 milhão em órteses e materiais destinados a pessoas com alteração em membros ou funções motoras. O Centro de Reabilitação do Hospital iniciou, dias 28 de fevereiro e 1.º de março, a produção de moldes em gesso ou espuma, para adaptação individualizada dos itens. 

“Num primeiro momento, 120 pacientes foram convocados. Como o contrato prevê fornecimento até 2020, as entregas aos usuários serão mensais”, adianta a chefe da Unidade de Reabilitação, Izabella Barberato Silva Antonelli.

Fazem parte da compra 600 cadeiras de rodas - entre convencionais, motorizadas e para banho -, 65 andadores, 575 pares de calçados pra compensação de discrepâncias ou encurtamentos, 320 palmilhas especiais e 195 almofadas em células de ar, preventivas contra úlceras por pressão.

Funcionalidade

“A prescrição do item é feita após consulta médica, na qual são avaliadas as necessidades de cada paciente. Na sequência, são tiradas as medidas para fabricação, a fim de que o produto cumpra sua função com o maior conforto possível”, detalha a fisioterapeuta Dirce Emília da Cruz Souza.

Entregues por meio do Programa Viver sem Limite, do governo federal,conforme repassado à Folha Uberaba,  as órteses e equipamentos destinam-se a pacientes de 19 municípios da região Triângulo Sul de Minas Gerais, incluindo Uberaba. São egressos de toda a rede de saúde que tratam diferentes graus de limitação motora decorrentes de acidentes ou enfermidades.

"No caso das cadeiras motorizadas, antes da dispensação final", informa a terapeuta ocupacional Karen Karoline Silva, "o HC-UFTM treina o paciente para locomover-se em linha reta, curvas, subir e descer rampas, entrar e sair de salas e mover-se entre móveis, até que seja demonstrada plena capacidade de uso".

 

 

 
 

 

Publicidade