Gestores de escolas municipais consolidam expectativa de bons resultados em 2018 nesta primeira semana de aula

Foto: Divulgação

Na primeira semana de aula na rede municipal de ensino, aproximadamente 25 mil alunos voltaram às aulas, e as equipes da Secretaria Municipal de Educação receberam os estudantes com muito entusiasmo. Com uma equipe reformulada, a secretária de Educação Silvana Elias ressalta o compromisso dos gestores em continuar a fazer um trabalho de qualidade na rede pública. Uberaba é a primeira cidade de Minas no quesito qualidade da educação, entre os cem maiores municípios, de acordo com a Frente Nacional de Prefeitos.  

 

Os profissionais trabalharam também, nesse primeiro momento, na adequação ao novo sistema de Protocolo de Vagas, desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub), que recebe e organiza, de acordo com prioridades legais, as vagas da rede. “Este protocolo está nos auxiliando muito na transparência na oferta de vagas e na organização das informações para as escolas. É um momento muito importante para o poder público, poder contar com a tecnologia na informatização de dados e rapidez de resultados”, considera.

 

Calendário - Houve uma mudança na volta às aulas das escolas municipais Frei Eugênio e Professor José Geraldo Guimarães, para o dia 19. No Frei Eugênio, a chuva atrapalhou o bom desenvolvimento da obra de reforma. A escola tem cerca de 1200 alunos e a secretária de Educação, Silvana Elias e equipe acharam prudente adiar o retorno. Na Escola Municipal Professor José Geraldo Guimarães, a cobertura da quadra foi danificada por uma forte chuva e parte da escola está interditada. As aulas também retornam no dia 19.

 

Para as três novas unidades: anexo do Cemei Maria Eduarda Farnezi, Cemei Dirce Miziara (Izabel do Nascimento) e Cemei Professora Luciene Aparecida do Carmo (Jd. Itália), o ano letivo começa também na mesma data, segunda, dia 19. 

 

Nas escolas Professora Olga de Oliveira, e Cemei Maria Rosa de Oliveira, a volta às aulas será no dia 15 de fevereiro, quinta-feira após o carnaval. Todos os responsáveis foram avisados sobre as mudanças.

 

Silvana explica que o calendário será adequado e os alunos não serão prejudicados. Para ela, as reformas e preparação das novas unidades é uma conquista para a comunidade e para a educação.

Publicidade

Anuncie