“Faça Bonito” tem passeata de contra a exploração sexual de crianças e adolescentes

Campanha busca orientar sobre sinais de abuso e onde denunciar

Passeata de conscientização da campanha “Faça Bonito: Proteja nossas crianças e adolescentes” acontece nesta sexta-feira (17) às 13 horas, em celebração ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, comemorado no dia 18 de maio. A campanha “Faça Bonito” tem como objetivo mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento pelos direitos das crianças e adolescentes e na luta pelo fim da violência sexual.

A passeata é realizada pela Prefeitura Municipal de Uberaba, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Seds) e demais Secretarias afins, em parceria com demais membros do Sistema da Garantia de Direitos (SGDCA), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdicau), Conselhos Tutelares, Unimed, Organizações das Sociedades Civis representadas pela Casa do Adolescente da Guadalupe, Casa do Menino, LBV e Câmara Municipal.

A concentração acontece na Praça Dom Eduardo, às 13 horas, na sexta-feira, dia 17 de maio, de onde seguirão para a Câmara Municipal de Uberaba, na Praça Rui Barbosa, onde oito instituições que estão trabalhando há um ano sobre essa temática, um trabalho que iniciou na campanha de 2018 vão receber um Certificado pela atuação contínua no combate aos abusos contra crianças e adolescentes.

A chefe do Departamento de Proteção Social Especial, Claudia Cristina da Silva, ressalta a importância de que toda a comunidade se engaje nessa luta.

“Convidamos todos para participar, famílias, instituições públicas e privadas para efetivar o combate ao abuso e a violência contra nossas crianças e adolescentes. Que venham todos fazer parte, pois Uberaba precisa Fazer Bonito nessa ação”, destaca Claudia.

Além da passeata, durante todo o mês têm acontecido palestras e blitz educativas em parceria com o Maio Amarelo, em vários pontos da cidade, onde são distribuídos material explicativo sobre a história do 18 de maio, além de orientações sobre o que é abuso, quais as formas de abuso, quais os sinais a serem reconhecidos e onde denunciar, como o Conselho Tutelar, pelos telefones 34-3312-6929 (dias úteis das 08h às 18h), 34-99994-2756 (dias úteis das 18h às 08h e 24h nos sábados, domingos e feriados; e Disque Direitos Humanos, pelo tridígito 100.

 

Publicidade

Anuncie